Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Nortel diz estar avaliando aquisições, apesar de resultado ruim

Postado em: 03/08/2007, às 21:55 por Redação

Ao anunciar na quinta-feira (2/8) os resultados financeiros do segundo trimestre, o CEO da Nortel, Mike Zafirovski, disse que a companhia analisa a possibilidade de adquirir empresas que possam contribuir para o crescimento e vir a agregar novos serviços e produtos ao seu portfólio, segundo notícia publicada pelo jornal britânico Financial Times. ?Nós estamos fazendo muitas análises internamente sobre como fazer a empresa crescer organicamente e começamos discussões recentemente com as companhias em que acreditamos que possam acrescentar à nossa trajetória de crescimento", disse.

O executivo declarou estar confortável em fazer a Nortel se expandir por meio de aquisições. No entanto, disse que a empresa tem se preocupado mais recentemente com a reestruturação de suas operações, que prevê a venda de negócios mais antigos, para focar em tecnologias emergentes, que têm um potencial maior de margens, como o WiMax e sistemas IP de próxima geração.

Apesar de verem a estratégia de aquisições como um dos caminhos que a Nortel terá de seguir se quiser competir com mais eficiência no mercado, os analistas de certa forma se surpreenderam com as declarações de Zafirovski, devido às restrições de capitalização da empresa no mercado e à posição de suas dívidas. Ao contrário, alguns acreditam até que ela pode vir a ser adquirida por outro fabricante.

Em maio, surgiram informações de que a Nortel estaria em negociações para assumir a Avaya, a qual acabou sendo adquirida pelo fundo de private equity Silver Lake Partners, por US$ 8,2 bilhões. Em julho, os rumores de que a Nortel estaria interessada em comprar a 3Com foram confirmados por uma fonte da empresa, mas até agora nada foi concretizado. A companhia de investimentos UBS Warburg divulgou, na época, um boletim afirmando que a Nortel precisaria aumentar o preço de suas ações, possivelmente através de uma fusão ou aquisição. Além da 3Com, a UBS apontou a Foundry Networks, a F5, Sonus Networks e Tellabs como alvos possíveis da Nortel.

O anúncio da estratégia de aquisições durante a divulgação dos resultados financeiros também surpreendeu porque a Nortel novamente teve prejuízo no segundo trimestre. Ela atribui o desempenho ruim a vendas menores que as esperadas e encargos de reestruturação, e também às negociações com a Securities and Exchange Comission (SEC), a comissão de valores mobiliários norte-americana, devido a divergências em relação a práticas contábeis passadas.

A Nortel registrou uma perda de US$ 37 milhões no segundo trimestre, sendo que a receita teve queda de 8%, de US$ 2,78 bilhões registrados no mesmo período de 2006 para US$ 2,56 bilhões neste ano ? os analistas estimavam que a receita ficaria em aproximadamente US$ 2,75 bilhões. Ela atribui esse resultado à venda da divisão de 3G UMTS para a Alcatel-Lucent e ao sincronismo de conclusões do contrato. Além disso, diz que houve um gasto de US$ 36 milhões com reestruturação e uma provisão de US$ 35 milhões relacionada às discussões com SEC.

Zafirovski enfatizou que a Nortel está em 'processo de transformação' e assegurou que a fabricante 'está fazendo progressos, mas que é possível antecipar ainda os resultados do esforço que está sendo realizado. Em fevereiro, ela havia anunciado que iria cortar mais de mil empregos mundialmente num prazo de dois anos. A intenção é reduzir as despesas em cerca de US$ 400 milhões ao ano.

Tags:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top