Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Bahia terá R$13,5 milhões para grupos de pesquisa de excelência

Postado em: 03/09/2008, às 19:10 por Redação

Nos próximos três anos, a Bahia terá R$ 13,5 milhões para investir em grupos de pesquisa de reconhecida excelência, através do Programa de Apoio a Núcleos de Excelência (Pronex). A garantia dos recursos foi dada nesta quarta-feira, 3, pelo ministro de Ciência e Tecnologia, Sérgio Rezende, que recebeu em audiência o governador Jaques Wagner e o secretário estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação, Ildes Ferreira.

Segundo Ferreira, pela proposta original o MCT investiria no Pronex R$ 3 milhões e a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia (Fapesb), R$ 1,5 milhão. Wagner propôs, porém, que o ministério triplicasse o investimento. Com a aceitação do MCT, o aporte de recursos passou para R$ 9 milhões, tendo como contrapartida R$ 4,5 milhões da Fapesb, a serem investidos até 2010. "O ministro Rezende se comprometeu, ainda, a liberar, logo após as eleições, R$ 12 milhões em emendas parlamentares da Bahia que tramitam no MCT", complementou o secretário.

Durante a audiência, o governador Jaques Wagner deixou claro que a Bahia está decidida a investir em ciência, tecnologia e inovação, a exemplo da implantação do Parque Tecnológico, do programa de inclusão sociodigital e dos Centros Vocacionais Tecnológicos Territoriais (CVTTs).

O edital do Pronex é direcionando a pesquisadores dos níveis A, B, C e D da categoria 1 do CNPq ou equivalentes, que façam parte de núcleos constituídos por pesquisadores de comprovada competência, reputação técnico-científica reconhecida, nacional e internacionalmente. Esses pesquisadores devem estar organizados para desenvolver projetos de pesquisa científica, tecnológica e de inovação, que possam contribuir significativamente para o avanço e difusão do conhecimento.

O governo da Bahia tem oito projetos prioritários na área de ciência e tecnologia, junto ao Ministério de Ciência e Tecnologia. Totalizando recursos de pouco mais de R$ 15 milhões, os projetos prevêem a implantação de seis Centros Vocacionais Tecnológicos Territoriais (CVTTS), a realização do Estudo do Potencial Energético Solar do Interior da Bahia e a implantação do Programa de Apoio a Incubadoras Universitárias de Empreendimentos Econômicos Solidários (Prosol).

Dentre esses projetos, destaque para a implantação dos CVTTs, através dos quais o governo do estado já vem oferecendo uma importante ferramenta para elevar a base científica da Bahia e permitir a capacitação tecnológica e profissional de jovens e adultos. Alinhado com as peculiaridades e a vocação econômica dos Territórios de Identidade, cada CVTT vai oferecer capacitação profissional e atrair empreendedores locais em busca de qualificação para melhor atuar em seus negócios, incorporando, sempre que possível, novos aportes tecnológicos.

A Fapesb, por sinal, anunciou nesta quarta que pesquisadores ligados a universidades e centros de pesquisa da Bahia podem submeter propostas para o Edital de Apoio a Projetos em Temas Estratégicos, lançado no último dia 27 de agosto.

Com recursos totais no valor de R$ 4 milhões, o edital vai financiar projetos de inovação e desenvolvimento tecnológico nas áreas estratégicas do Parque Tecnológico de Salvador: biotecnologia, engenharia de materiais, produtos e processos, nanotecnologia e tecnologias da informação e comunicação.

Tags:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top