Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Moeda virtual atinge 1 milhão de transações ao ano em escolas

Postado em: 04/01/2012, às 15:20 por Redação

A E-Safetransfer S/A anuncia que o SchoolCash, seu cartão inteligente pré-pago dedicado a escolas, já atingiu um milhão de transações ao ano. Neissan Monadjem, CEO da empresa, informa que a solução teve taxa de crescimento de usuários de 150% ao ano, empurrado pelos fatores de comodidade e segurança, dado o fato que os alunos não precisam movimentar dinheiro.
O SchoolCash é baseado em um sistema de cartão pré-pago já usado em franquias de alimentação, permitindo que universidades, escolas ou cantinas administrem a sua própria moeda virtual. O uso é exclusivo em sistemas fechados de instituições de ensino, operado por meio eletrônico — sem a inconveniência do papel moeda e do troco nas operações do aluno no ambiente escolar.
O sistema opera nos estados de São Paulo, Paraná e Distrito Federal. Entre elas, estão o Colégio Einstein, Faculdade Morumbi Sul, Colégio Objetivo Bom Retiro e Colégio Anhembi Morumbi. As novas escolas contratadas para o próximo ano letivo já asseguram a implantação de um total de cerca de 60 estabelecimentos a partir de janeiro de 2012 em escolas e universidades de quatro estados.
O SchoolCash hoje gera apenas 30% da receita da empresa (R$ 2,4 milhões em 2010). “O número de estabelecimentos clientes cresce mais de 150% ao ano e estimamos que em dezembro de 2012 o sistema esteja operacional em mais de 100 escolas com uma população de 50 mil estudantes/usuários. A meta é alcançar 100 mil usuários no primeiro semestre de 2013”, diz Monadjem.

Funções de pagamento e segurança

O sistema possui características próprias que somam rapidez e segurança ao permitir o uso tanto em modo “off-line” como “on-line” Além disso, o bloqueio revogável ou a transferência de saldo para um cartão segunda via garante uma plataforma flexível de uso no dia a dia da cantina escolar.
Pode-se também estabelecer um teto máximo diário de consumo e acessar o extrato pela internet, entre outros recursos customizáveis pelos pais (nas escolas) ou pelos estudantes universitários. A moeda virtual pode ser usada nas compras da cantina, papelaria, refeitório ou bazar interno e ainda pode ser o cartão de identificação do aluno na instituição de ensino, facilitando o seu dia a dia ao concentrar várias funções em apenas um cartão: controle de acesso, identificação escolar e moedeiro eletrônico seguro.

E-Safetransfer


A empresa é desenvolvedora e integradora brasileira de soluções de segurança em tecnologia Smart Card, Fidelização ePré-Pagos. Lançou seu primeiro cartão para escolas em 2009.
Voltada a serviços para o sistema bancário, franquias de varejo e empresas comerciais, a E-Safetransfer desenvolve soluções em tecnologia Smart Card, Fidelização ePré-Pagos em mercados nicho. Por meio da aquisição da MySmart.com, de Century City (Califórnia, EUA), passou a incluir em seu portfólio de produtos uma gama de serviços de infraestrutura de acesso seguro de clientes finais às conveniências do mercado Internet, de e-commerce e do ICP Brasil. Entre os seus clientes estão várias escolas e Universidades, RFB/Receita Federal do Brasil, Bradesco, Banrisul, VRe Pizza Hut.

Tags:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top