Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Infor cria programa de treinamento para acelerar a adoção de cloud na América Latina

Postado em: 04/02/2015, às 14:49 por *Claudiney Santos, de San Antonio, Texas, EUA

Para reforçar sua estratégia de adoção de cloud pelas empresas e enfatizar aos seus parceiros de negócios a nova maneira de comercializar seu portfólio de software, a Infor reuniu, na terça-feira, 3, no Americas Partner Summit 2015, cerca de 130 parceiros de canal e de alianças da região.

A empresa, que faturou cerca de US$ 2,8 bilhões no ano fiscal de 2014, criou um programa especial de treinamento, o Infor CloudSuite Academy, para capacitação de parceiros com as habilidades e conhecimentos necessários para ajudar os clientes a implementarem aplicações na nuvem. A empresa também criou o Infor Launchpad, para fornecer acesso à capacitação presencial, com representantes de desenvolvimento de negócios. O objetivo é transformar e acelerar a adoção do modelo de negócios de vendas de licenças pelo de SaaS (Software como Serviço) na região.

Segundo ressaltou o consultor Ray Wang, da Constellation Research, em sua palestra aos cerca de 500 participantes do evento, as empresas têm que entender que a cloud, antes de ser um modelo disruptivo de tecnologia, é um novo modelo de negócio. Wang disse ainda que 52%  das empresas do ranking da Fortune 500 em 2000 já não existem mais hoje, pois "não souberam entender o novo modelo de negócio das empresas digitais".

Conforme explica Fernando Corbi, diretor regional da Infor para a América Latina, a ideia é mostrar para as revendas o impacto dessa transformação e uma nova proposta de remuneração pelas vendas, já que o modelo de cloud prevê pagamentos mensais, "mas o vendedor está acostumado a receber de imediato. Por isso precisamos conseguir uma forma justa de remunerá-lo pelo contrato, que na maioria das vezes é de longo prazo. Para os parceiros também muda o fluxo de caixa, motivo pelo qual ele tem de entender como trabalhar com o novo modelo", explica.

O programa prevê ainda treinamento técnico exigido pela venda no modelo SaaS, já que a aplicação em cloud não pode ser muito customizada, como acontece até agora com os software on premisses. A Infor comprou nos últimos anos várias empresas com grandes sistemas de gestão empresarial, como BAAN e BPCS, o que traz uma dificuldade em levá-los para a nuvem.

"Nesse item, ainda há um obstáculo a vencer no Brasil que é levar os softwares dos parceiros de gestão fiscal para nuvem também, como a Mastersaf e Syncro. Mas o cliente poderá adotar um modelo híbrido, a decisão final será sempre dele", explica Corbi.

Além dos cerca de 20 parceiros atuais na região, a Infor deverá ampliar esse número em função não só da ênfase em cloud, mas também com o aumento do portfólio conquistado com as empresas adquiridas.

Data center

Para apoiar nessa mudança, a Infor fechou acordo com a Amazon Web Services, que é o provedor de data center para os clientes dos países onde o provedor atua na região, evitando assim problemas de latência e segurança, entre outros.

A empresa investe na criação de um design "social e colaborativo", o Ming.Le, para compartilhar informações e experiências através de ferramentas mobile e de social business, tornando o produto mais atraente para o ambiente empresarial atual. No ano passado a empresa contratou 1.065 engenheiros e desenvolvedores para criar novos designs e interfaces e de produtos.

Esse grupo de desenvolvedores já formataram aplicações para 13 microverticais de negócio 100% na nuvem do Infor Cloud Suite, que podem ser usadas de imediatos. Novas aplicações para segmentos específicos serão anunciadas no decorrer do ano.

CRM

Outra iniciativa para a América Latina é investir na solução da Saleslogix, empresa de CRM recentemente adquirida pela Infor, que já tem uma solução de vendas e relacionamento na nuvem, que apesar de atender grandes empresas, pode servir para companhias de médio porte na região.

O CRM atual vem da compra da Epiphany, um software para grandes organizações como Caixa Econômica Federal, Amex, etc, tendo como ponto forte os recursos operacionais. "O Salexlogix já nasceu na nuvem, motivo pelo qual tem características mais estratégicas e táticas. E já tem uma base instalada na região para servir como referência, motivo pelo qual temos boa expectativa de mercado", explica Corbi.

*O jornalista viajou a convite da Infor.

Tags: , , , , , , , , , ,

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top