Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Usuários de celulares poderão trocar mensagens instantâneas

Postado em: 04/08/2008, às 18:53 por Redação

Em breve, os clientes das operadoras de telefonia celular no Brasil poderão trocar mensagens instantâneas (IM, na sigla em inglês) como fazem pelo computador, o que deve fazer do páis a maior comunidade de usuários de mensagens instantâneas móveis em toda a América Latina. A GSM Association (GSMA), que representa mais de 750 operadoras de telefonia móvel GSM em todo o mundo, anunciou que a Vivo, TIM, Claro, Oi, Brasil Telecom, Sercomtel, Nextel e CTBC assinaram um acordo para fornecer serviços de IM pessoais interoperáveis que permitirão a seus clientes trocar mensagens com usuários de outras redes.

De acordo com a GSMA, os consumidores brasileiros estarão entre os primeiros da América Latina a poder contar com a nova funcionalidade. Com o acordo, os mais de 130 milhões de brasileiros que possuem celulares tornarão o Brasil a maior comunidade de IM móvel na região e também uma das maiores do mundo. Atualmente, os serviços interoperáveis entre redes de operadoras já estão disponíveis em países da Europa, Ásia e África.

"O lançamento do IM interoperável no Brasil, através de diferentes redes, garante que as operadoras possam interagir umas com as outras e colaborar para impulsionar novas tecnologias," disse Wanderley de Rezende Neiva, diretor de engenharia e planejamento da Sercomtel. "Esperamos que vários usuários no Brasil se beneficiem dessa colaboração, já que a mensagem instantânea é um serviço muito popular em o país."

Para o diretor de marketing da CTBC, Milton Bonservizzi, novos serviços que promovam a interatividade entre clientes das operadoras é uma realidade crescente. "Apoiamos e queremos contribuir com tecnologias e produtos que levem ao cliente possibilidades inovadoras para se comunicar," diz. Bonservizzi acredita que o IM poderá agregar valor aos produtos e serviços da operadora, como a tecnologia 3G, e será um complemento da atual oferta da CTBC.

Tags:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top