Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Qualcomm e Vivo pretendem integrar tecnologia multimídia

Postado em: 04/10/2005, às 11:10 por Ana Luiza Mahlmeister

A Qualcomm está estudando, em conjunto com a Vivo, a integração de sua tecnologia MediaFLO, de transmissão de conteúdo multimídia na rede da operadora, informa Paulo Breviglieri, diretor de desenvolvimento técnico, durante o evento Americas 2005, promovido pela UIT em Salvador.

A tecnologia MediaFLO, de transmissão de conteúdo multimídia, é concorrente da DVB-H e outras tecnologias de broadcast por redes móveis. Nos Estados Unidos, a Qualcomm formou uma nova empresa, a operadora MediaFLO USA para prestar esse serviço em freqüências que sobraram da TV aberta, no processo de transição para a TV digital (700 MHz). A empresa vai enviar conteúdos para dispositivos móveis, serviço já regulamentado pela FCC, com lançamento previsto para o quarto trimestre de 2006.

No Brasil, em vez de contar com rede própria, como nos EUA, a idéia é firmar uma parceria com a Vivo. Segundo Breviglieri, se as negociações forem positivas, a empresa deve implantar o MDS (Multimedia Distribution System) na rede da operadora móvel.

O dispositivo funciona como um gerenciador do conteúdo distribuído e permite agregar funcionalidades como gerenciamento de assinantes, escolha de canais e programação.
Durante o evento Telecom Americas 2005, a Qualcomm também destaca novos celulares que devem chegar ao mercado até o final do ano com tecnologia EV-DO, com destaque para o modelo da Motorola A-840 WorldPhone, que integra as tecnologias CDMA e GSM em um mesmo aparelho.

A plataforma Brew de desenvolvimento de conteúdo para celulares também sofreu atualização e agora agrega jogos em terceira dimensão.

Segundo o gerente de produto e negócios da Qualcomm, José Luciano do Vale, 56 operadoras utilizam a plataforma e em torno de US$ 340 milhões já foram distribuídos para os desenvolvedores, em três anos. Para difundir a tecnologia no País, a empresa estuda uma parceria com o Senac para abrir um centro de treinamento de desenvolvedores no próximo ano.

Tags:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top