Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Nvidia cria nova geração de sua plataforma de supercomputação para carros autônomos

Postado em: 05/01/2016, às 18:43 por Redação

A Nvidia aproveitou a sua participação na Consumer Electronics Show (CES 2016), que acontece esta semana em Las Vegas, para lançar a segunda geração de sua plataforma de supercomputação para carros autônomos. A fabricante de placas gráficas de alto desempenho exibiu a Drive PX 2, que, segundo ela, é dez vezes mais rápida que a versão anterior e já vem sendo usada por 50 montadoras em todo o mundo.

Entre as fabricantes de automóveis estão a BMW, Daimler, Ford e Volvo. Esta última, aliás, será a primeira usuária do sistema, que irá equipar 100 veículos modelo XC90 SUV com a tecnologia na Suécia em 2017, disse a Nvidia. A montadora apresentou os planos para que os veículos trafeguem pelas ruas da cidade sueca de Gotemburgo.

O sistema automotivo, do tamanho de uma lancheira escolar, é alimentado por uma série de chips gráficos que oferecem o poder de computação de cerca de 150 laptops MacBook Pro, que custariam cerca de US$ 300 mil, conforme explicou o CEO da Nvidia, Jen-Hsun Huang. O executivo está em uma verdadeira cruzada para acelerar o advento de carros autônomos.

Segundo Huang, o hardware é apenas um elemento necessário para que os carros detectem confiavelmente os arredores e o espaço onde se encontram e tomem as decisões de condução. A maior parte dos progressos mais importante, disse ele, tem a ver com o software, que utiliza tecnologia de redes neurais e sistema de aprendizado de máquina.

Na prática, ele funciona como o "cérebro" dos carros: é responsável por processar toda a informação acumulada nas experiências anteriores e decidir que decisão tomar quando algo ocorre na pista. Seja um animal atravessando a rua inesperadamente, o carro da frente freando bruscamente ou a garoa que apertou e virou uma chuva torrencial.

Huang ressaltou que empresas como a Microsoft e o Google têm demonstrado que as suas redes neurais "conseguem o melhor reconhecimento do homem, atingindo uma capacidade sobrehumana". Ele disse ainda que os fabricantes de automóveis irão estabelecer as suas próprias plataformas de big data que coletam grandes quantidades de informação para seus veículos. Dessa forma, os carros já sairão de fábrica com essa capacidade, se que será melhorado ao longo do tempo com base no feedback dos incidentes que os carros encontram.

Os benefícios na visão de Huang serão enormes, pois com os carros autônomos mais vidas serão protegidas, mais dinheiro será economizado, além de ajudar as pessoas que não podem dirigir, preservar o meio ambiente e impulsionar mudanças no planejamento urbano. "Parques irão substituir estacionamentos", disse.

A Nvidia informou que a unidade PX 2 consome 250 watts de potência e será implementada com refrigeração líquida. A previsão é que ela esteja amplamente disponível no quarto trimestre deste ano. Com agências de notícias internacionais.

Tags: , , , , , , , , , , , , ,

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top