Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Órgão dos EUA dá sentença mista em disputa de patentes entre NVidia e Rambus

Postado em: 05/03/2010, às 12:20 por Redação

O Escritório de Patentes e Marcas dos Estados Unidos (USPTO) apresentou na quinta-feira, 4, uma decisão mesclada sobre um processo de três violações de propriedade intelectual de tecnologia registrado pela fabricante de chips Rambus contra a NVidia.
Segundo informações do The Wall Street Journal, o juiz do caso decidiu que houve quebra de patente em um caso, quebra de alguns termos da patente em outro, dando às duas companhias direitos sobre o registro de tecnologias, sendo que na última ação a decisão foi em favor da NVidia. A resolução, de acordo com o jornal, foi tomada de forma a não prejudicar os negócios de nenhuma das duas empresas.
De acordo com o diretor do fundo de investimentos Capstone Investments, Jeff Schreiner, a decisão do juiz deu duas vitórias em três batalhas para a Rambus, e impõe "limites significativos" sobre o poder de barganha da NVidia com a empresa. Em conferência para investidores, o CEO da Rambus, Harold Hughes, declarou que a sentença da USPTO foi "bastante útil" para a resolução de outros problemas com a NVidia sobre patentes.
A NVidia adiantou que vai recorrer da decisão e pedir que o órgão regulador americano reveja as patentes. O porta-voz da empresa, Hector Martinez, declarou que a resolução do caso, no entanto, não muda em nada a estratégia da empresa e que "todos estão muito felizes com a patente que ganhamos".
Segundo o jornal americano, as empresas ainda têm uma disputa na Comissão de Comércio Internacional dos EUA (ITC) sobre patentes de uma tecnologia de controle de memória em chips, que tramita desde novembro de 2008. Nesta, a Rambus pede que o órgão americano impeça a fabricante de chips gráficos de alta performance de vender ou divulgar todos os seus produtos com a tecnologia.

Tags:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top