Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Atendimento personalizado ditará a competitividade das empresas

Postado em: 05/04/2006, às 20:51 por Redação

O estudo Foresight 2020, realizado pela Economist Intelligence Unit (EIU), com patrocínio da Cisco Systems, indica que os Estados Unidos, China e Índia vão impulsionar mais da metade do crescimento econômico mundial nos próximos 15 dias. Além disso, aponta que fatores como o conhecimento dos trabalhadores das experiências dos clientes serão fundamentais para o êxito econômico das corporações.

O estudo, elaborado com base em consultas feitas no ano passado a 1.656 executivos em mais de 100 países, projeta um crescimento anual de 3,5% do Produto Interno Bruto (PIB) mundial até 2020. A força de trabalho deverá experimentar aumento de 15%, no período. O levantamento também aborda os desafios que as economias da Europa e o Japão terão de enfrentar por conta do envelhecimento de sua mão-de-obra e dos relativamente baixos níveis de produtividade.

De acordo com o Foresight 2020, as companhias irão se diferenciar pela customização de produtos e qualidade dos serviços oferecidos aos clientes. À medida que os processos produtivos e as transações se tornam commodities e automatizadas, o valor para os clientes passa a estar nas relações e interações pessoais, muito difíceis de replicar. Essas interações serão intensificadas pela colaboração, pelos serviços de alto valor e pelos chamados trabalhadores do conhecimento, todos habilitados pela tecnologia.

?Este estudo redimensiona nossa relação com os clientes. A economia global tem evoluído muito rapidamente, da mesma forma que a globalização e a tecnologia modificam nossas indústrias, nossas empresas e nossa força de trabalho, como não podíamos imaginar há uma década?, explica o vice-presidente sênior da Cisco Systems para as operações nos Estados Unidos e Canadá, Robert Lloyd. Ele acredita que os trabalhadores do conhecimento, combinados à tecnologia da informação, podem modificar a experiência dos consumidores.

Tags:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top