Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Dell vê Brasil como melhor oportunidade que Índia e Rússia

Postado em: 05/11/2009, às 14:28 por Victor Hugo Cardoso Alves

O presidente-executivo da Dell declarou que o Brasil oferece uma "enorme oportunidade" para expansão dos negócios da fabricante de computadores. Para Michael Dell, além da economia sólida, o mercado brasileiro de TI está em franco crescimento e deve evoluir ainda mais nos próximos anos.
Durante entrevista coletiva realizada nesta quinta-feira, 5, em São Paulo, o CEO colocou o país como um dos mais bem avaliados entre os Bric (Brasil, Rússia, Índia e China). Ele pondera que, embora o mercado brasileiro para a Dell seja menor que o da China, quando comparado com a Índia e a Rússia ele é superior e tem uma situação muito favorável. "O Brasil está entre as principais possibilidades de crescimento para a Dell", frisou o executivo, salientando que o país deve se tornar o quarto maior mercado mundial de TI até 2015.
Uma das estratégias mundiais da Dell, e que terá reflexo também no Brasil, será intensificar a atuação no segmento de serviços, em especial nas áreas de virtualização e gerenciamento. O novo direcionamento é resultado da compra recente da empresa de serviços de TI Perot Systems, por US$ 3,9 bilhões, que vai culminar na criação de uma nova unidade, batizada de Dell Services. Michael Dell ressaltou que a aquisição vai gerar negócios da ordem de US$ 8 bilhões à companhia e adiantou que continuará com essa estratégia com o propósito de reforçar ainda mais a área de serviços. "Precisamos investir para crescer neste setor", observou.
De acordo com Peter Wiegandt, diretor geral da Dell para a América Latina, o portfólio de serviços da Perot será estendido imediatamente para os países da América Latina, inclusive o Brasil.
Outra meta da fabricante de computadores será aumentar a participação no concorrido setor do governo. Para isso, a Dell aposta no lançamento no Brasil do seu netbook educacional Latitude 2100, previsto para ser fabricado no país a partir de dezembro. Com o PC ultraportátil, a empresa pretende disputar licitações para os programas de inclusão digital do governo.
Ainda de olho no segmento governamental, a Dell lançou no país a Sala de Aula Conectada, solução que inclui lousa digital, computador e conteúdo digital, para ser utilizada como ferramenta de apoio na sala de aula. Atualmente, a solução está sendo usada em um projeto piloto, em parceria com o governo de São Paulo, envolvendo 26 escolas de Hortolândia, no interior do estado. O projeto, iniciado em agosto, tem duração de 12 meses e posteriormente será avaliado pela Unesco e pelo governo. "Queremos mostrar para o governo que a solução auxilia na melhoria da qualidade do ensino e que é viável para ser implantada em maior escala", afirmou Ricardo Menezes, diretor para o segmento público da Dell.

Tags:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top