Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Maioria dos profissionais de TI no Brasil usam tablets no trabalho, diz estudo

Postado em: 05/12/2012, às 14:10 por Redação

O uso de tablets por profissionais de TI brasileiros está se tornando cada vez mais comum no ambiente de trabalho. Levantamento realizado em agosto pela ebusiness Brasil (Associação Brasileira de e-business) com mais de 230 executivos da área revela que 84% possuem o dispositivo móvel ou pretendem adquiri-lo nos próximos anos. Deste universo, 40% disseram que já utilizam tablet no trabalho, 26% decalraram que têm intenção de usá-lo, mas sem data definida, 12% afirmaram que vão usar o equipamento em 2013 e 6%, ainda este ano. Para 21% dos participantes, os PCs e notebooks deverão, em breve, ser substituídos por tablets.

A pesquisa também traçou um panorama sobre quais áreas necessitam e utilizam mais os tablets. A constatação é que as áreas de TI e comercial são as que mais utilizam o dispositivo móvel, com 55% das respostas cada. Em seguida aparecem as áreas de marketing, com 30%, e administrativa, com 26%. Desenvolver aplicativos, interagir com clientes e utilizar métodos específicos para conquistar espaço nas mídias sociais são algumas atividades executadas pelos profissionais no tablet.

Além disso, 89% dos entrevistados disseram que utilizam o equipamento para recebimento de e-mails, 49% para apresentação e demonstração de produtos e serviços e 48%, para visualização dos indicadores estratégicos. O acesso remoto ao sistema de gestão da empresa foi outro uso do tablet, citado por 46% dos executivos, enquanto 28% deles utilizam o equipamento para monitorar atividades operacionais e 25%, para leitura de manuais.

Por fim, ao serem questionados sobre as dificuldades na utilização de tablets, 69% dos executivos apontam a digitação de textos longos como o principal desafio, enquanto 52% disseram ser o uso de planilhas e 51%, problemas com a rede 3G. As outras dificuldades mencionadas foram criação de apresentações (37%), pouca memória em disco (24%), autonomia de bateria (22%) e adaptação à tecnologia touch (15%).

Tags:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top