Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Cobertura de celular já ultrapassa 86% dos municípios brasileiros

Postado em: 06/01/2010, às 17:10 por Redação

A telefonia celular no Brasil começa 2010 muito próxima de atingir cobertura de 100% dos municípios, aponta o Atlas Brasileiro de Telecomunicações 2010, publicação da TELETIME que consolida informações da Anatel com dados das próprias operadoras. De fato, em 2009 as operadoras móveis fizeram o que nunca haviam feito antes: cresceram nada menos do que 25% em termos de cidades cobertas. Em outubro de 2009, quando os dados desse Atlas foram compilados, as operadoras de celular chegavam a um total de 4.773 municípios, contra 3.824 no mesmo período de 2008. O crescimento se explica, obviamente, pelas obrigações de cobertura que todas as operadoras firmaram com a Anatel ao conquistarem o direito de operar nas faixas de terceira geração. Estas obrigações implicam 100% de cobertura dos municípios brasileiros com redes celulares até o final de abril de 2010. Faltavam, em outubro, pouco mais de 780 municípios a serem atendidos em um prazo de seis meses, portanto.
Ao longo do ano de 2009, a operadora que proporcionalmente mais cresceu em área de cobertura foi a Oi, que passou de um total de 1.912 cidades em outubro de 2008 (somando a área original da Oi e a da Brasil Telecom) para 2.719 em 2009. A Vivo, que já era a operadora com a maior cobertura em 2008, com 3.180 cidades, passou a 3.410 cidades (crescimento de 7%). A Claro cresceu 23%, saindo de 2.686 para 3.308 cidades cobertas, e a TIM foi de 2.623 cidades para 2.954 cidades, um crescimento de 12,6%. A pequenina Aeiou tinha 12 cidades cobertas em 2008, e agora tem 16.
A expansão das redes 3G também foi expressiva, e passou de 355 cidades em outubro de 2008 para 739 cidades em outubro de 2009, um crescimento de 108%. Com isso, as redes 3G já estão hoje atendendo a cidades que somam 75,8% do potencial de consumo do Brasil, 108,7 milhões de habitantes e 32 milhões de domicílios. O dado ruim para as teles móveis é que destes municípios atendidos por redes 3G hoje, apenas 20 cidades não têm redes de banda larga fixa disponíveis.
Vale ressaltar que nem toda a área dos municípios é atendida pelas celulares e que o critério utilizado pela Anatel e pelas empresas para considerar atendimento em determinada localidade é a existência de pelo menos uma ERB instalada e operante.
O Atlas Brasileiro de Telecomunicações está em circulação para assinantes da revista TELETIME e também pode ser adquirido pelos telefones 0800-014-5022 ou (11) 3138-4621.

Tags: ,

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top