Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Amazon passa a vender chips para PCs, além de gadgets, cabos USB e baterias de marca própria

Postado em: 06/01/2016, às 19:32 por Redação

A Amazon.com está expandindo os produtos que fabrica e vende com sua própria marca. Agora, além de gadgets, toalhas de papel descartável, cabos USB e baterias, a varejista online incluiu em seu catálogo de produtos uma linha de chips para computadores com seu selo, informa o site Business Wire.

A Annapurna Labs, subsidiária da Amazon, anunciou nesta quarta-feira, 6, que desenvolveu uma linha de chips, denominada Alpine, que será vendida a fabricantes de PCs e operadoras de data center. Os chips são baseados em projetos da ARM Holdings e podem ser usados em roteadores Wi-Fi, dispositivos para transmissão de vídeo, data centers ou dispositivos de baixo custo de Internet das Coisas, segundo a empresa.

A entrada da subsidiária Amazon no mercado de componentes e sistemas é um desafio ao domínio da Intel no mercado de infraestrutura de data center. Isso porque a tecnologia de chips ARM domina o mercado de dispositivos móveis, no qual a participação de mercado da Intel até agora tem sido insignificante. Além disso, a gigante dos chips, mesmo com um market share de 99% no segmento de chips para servidores x86, já começou a ser incomodada pela fabricante britânica.

Em novembro do ano passado, a chefe da unidade de negócios de data center da Intel, Diane Bryant, disse que os chips para servidores da ARM foram usados como "moeda de troca" nas negociações de preços. Isso mesmo diante do fato de os chips Alpine não serem direcionados para servidores high-end como os processadores da Intel. Entretanto, eles foram projetados para equipar dispositivos que se situam na borda "deste mercado, como computadores de baixa potência para armazenamento e redes.

Empresas como a Synology America, Netgear, Asustek Computer e outras estão desenvolvendo equipamentos que utilizam tecnologia de Annapurna, disse a empresa em um comunicado. Annapurna também vai vender um kit de desenvolvimento de hardware, o que permite que seus clientes modificar e ampliar seus chips para seus próprios propósitos.

A Amazon adquiriu a Annapurna Labs em janeiro do ano passado. Agora, a unidade de Amazon Web Services, criada em 2006 para oferecer serviços na nuvem e servidores, está contratando engenheiros de semicondutores para projetar e ajustar o seu próprio hardware. Os chips da Annapurna ainda não estão disponíveis no portal da Amazon.

Tags: , , , , , , , , , , , , , ,

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top