Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Corel reverte prejuízo no ano fiscal de 2006

Postado em: 06/02/2007, às 12:24 por Redação

A Corel divulgou os resultados financeiros relativos ao quarto trimestre e ao ano de 2006, encerrado em 30 de novembro. A receita no quarto trimestre foi de US$ 47,4 milhões, um aumento de 4% sobre os US$ 45,6 milhões registrados no mesmo período de 2005.

A receita líquida no trimestre, com base nos critérios contábeis aceitos nos EUA (US GAAP), foi de US$ 9,4 milhões, ou US$ 0,37 por ação, comparada a um prejuízo líquido de US$ 3,4 milhões, ou US$ 0,17 por ação, em igual período do ano anterior. O Ebitda (lucro operacional antes dos impostos, depreciação e amortização) ajustado não-GAAP aumentou 11% no quarto trimestre e atingiu US$ 14,7 milhões, frente a US$ 13,3 milhões no mesmo trimestre de 2005.

No ano fiscal de 2006, a Corel obteve receita de US$ 177,2 milhões, aumento de 8% na comparação com os US$ 164 milhões em 2005. A receita líquida GAAP do ano foi de US$ 9,3 milhões, ou US$ 0,40 por ação, ante o prejuízo líquido de US$ 8,8 milhões, ou US$ 0,45 por ação em 2005. O Ebitda ajustado não-GAAP de 2006 foi de US$ 55,2 milhões, uma elevação de 13% sobre o ano anterior.

"A Corel fechou 2006 com um sólido quarto trimestre, mostrando fortes resultados tanto com relação à receita como em rendimentos, continuando a ter um bom desempenho diante de todas as facetas de nossa estratégia," afirma David Dobson, CEO da companhia. "Entramos 2007 muito entusiasmados com a aquisição da InterVideo formalizada em dezembro. Essa combinação criará o mais amplo portfólio de mídia digital da indústria e favorecerá a nossa estratégia central de expandir nosso ecossistema de parceiros, oferecer novos produtos e de crescer nos mercados novos e emergentes?, avalia ele.

Para o primeiro trimestre de 2007, a Corel espera uma receita na faixa de US$ 51 milhões a US$ 53 milhões, e para o ano fiscal a expectativa é atingir um faturamento na faixa de US$ 245 milhões a US$ 255 milhões. "Para atingir o crescimento da receita, devemos concluir nossas aquisições com eficiência, conquistar novos mercados e aumentar a penetração de nossa base instalada", diz Pedro Fontes, gerente de canais da Corel.

Tags:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top