Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Cresce o uso de novas tecnologias por PMEs para prevenir desastres, diz estudo

Postado em: 06/06/2012, às 11:43 por Redação

A adoção de tecnologias como virtualização, computação em nuvem e mobilidade está ganhando força entre pequenas e médias empresas com o objetivo também de se prepararem para situações de desastre. Pesquisa realizada entre fevereiro e março deste ano pela Symantec, com 2.053 organizações de 30 países – dentre elas, 75 brasileiras -, revela que 40% das companhias já adotaram a computação em nuvem, 36% exploram o uso de dispositivos móveis para uso profissional e 34% se beneficiam da virtualização de servidores. No Brasil, 47% das empresas já estudam a implantação de servidores virtualizados.

Com relação a influência dessas tecnologias para o uso também em casos de desastres, a computação em nuvem privada e os dispositivos móveis foram responsáveis pela decisão de adoção de 42% das empresas na América Latina e 56% das companhias brasileiras. Sobre as nuvens públicas, 34% das empresas na região informaram terem optado por adotar essa solução. Já no Brasil, 59% das organizações faz uso de clouds públicas. Já a virtualização de servidores representa 41% no mercado latino-americano e 61%, no Brasil. 

O estudo revela que, de fato, a adoção dessas tecnologias tem melhorado o preparo da maioria das empredas para casos de desastres, particularmente no que diz respeito à virtualização de servidores, em que 74% dos entrevistados relataram que o nível de preparo melhorou. No caso das nuvens privada e pública, também foram observadas melhorias, de acordo com 37% e 33% dos consultados, respectivamente. Para 40% dos participantes, o uso de dispositivos móveis aumentou o conhecimento sobre o preparo para casos de desastres. No Brasil, 35% das empresas já se dizem preparadas de algum modo e 11% disseram ter aumentado significantemente o preparo para evitar perda de dados proveniente de desastres.

“As PMEs estão em uma posição única para adotar novas tecnologias que não apenas ofereçam vantagem competitiva, mas também lhes permita melhorar sua capacidade de recuperação de desastres, protegendo as informações que hoje são vitais para os negócios. Tecnologias como a virtualização, computação em nuvem e mobilidade, combinadas com soluções completas e um sólido plano de segurança e proteção de dados, permitem que as PMEs estejam mais bem preparadas nesse sentido”, afirma Steve Cullen, vice-presidente sênior de marketing mundial para pequenas e médias empresas da Symantec.

Tags:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top