Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Unisys vence concorrência para operar redes de RFID dos EUA

Postado em: 06/07/2007, às 19:15 por Redação

A Unisys teve o seu contrato renovado com o Departamento de Defesa dos Estados Unidos para o desenvolvimento, manutenção e aperfeiçoamento de um sistema de logística, por meio do uso da tecnologia de identificação por radiofreqüência (RFID). O prazo inicial do contrato é de um ano, com três opções de prorrogação por um ano, que podem ser exercidas a critério do governo norte-americano. Seu valor aproximado é de US$ 28 milhões no primeiro ano, mas o total pode chegar a cerca de US$ 112 milhões.

A concessão do contrato permite que a Unisys continue suas iniciativas no programa de RFID, iniciado há 13 anos. A visibilidade quase instantânea da localização das remessas possibilita que as Forças Armadas aumentem sua agilidade no fornecimento de suprimentos para unidades e militares, bem como se concentrem nas atividades de missão crítica e reajam rapidamente às mudanças nas operações estratégicas.

A Unisys rastreia, semanalmente, em torno de 125 mil remessas de suprimentos, que incluem munições, alimentos ou rações, água, suprimentos médicos, veículos, autopeças e aeronaves. Essas remessas contam com etiquetas de RFID que armazenam informações vitais aos soldados. O rastreamento é feito em quatro modais de transporte ? rodoviário, ferroviário, marítimo e aeroviário ? até seus destinos finais nos comandos de combate.

Leitores fixos e portáteis enviam e recebem sinais de rádio de e para as etiquetas. Como os dados gravados em cada uma são duplicados em cinco servidores, usuários do mundo todo têm acesso às mesmas informações sobre cada item. Tomadores de decisão nos diversos níveis de comando e em toda a cadeia logística podem planejar, priorizar e redirecionar as remessas corretamente e de modo colaborativo.

A Unisys e o Exército dos Estados Unidos têm trabalhado para estabelecer, desenvolver, operar e manter uma das maiores redes de RFID do mundo. A participação da companhia, iniciada em 1994, vem crescendo de forma constante e contempla os militares destacados nos EUA e em outros 31 países.

Tags: ,

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top