Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

NCR encerra trimestre com lucro líquido de US$ 98 milhões

Postado em: 06/08/2007, às 21:44 por Redação

A NCR encerrou o segundo trimestre com lucro líquido de US$ 98 milhões. A cifra inclui US$ 21 milhões de custos líquidos de itens relacionados com desmembramento previsto da Teradata Data Warehousing, ajuste de impostos relacionados com períodos anteriores e adequação à lei ambiental Fox River, contrabalançados por uma atualização dos custos estimados associados com a iniciativa de realinhamento de fabricação da empresa.

A receita da empresa totalizou US$ 1,61 bilhão, um aumento de 5% na comparação com o mesmo período do ano passado de 2006. Na quebra por área de negócio, o segmento de auto-atendimento financeiro (ATMs) foi o que apresentou o melhor desempenho. A divisão gerou receita de US$ 380 milhões, alta de 11% sobre o mesmo período do ano passado. A receita operacional de US$ 47 milhões superou os US$ 31 milhões registrados em 2006.

O segmento da Teradata Data Warehousing apurou receita de US$ 433 milhões, um crescimento de 9% sobre o segundo trimestre de 2006. Assim como ocorreu com a área de ATMs, o faturamento operacional de US$ 92 milhões superou os US$ 86 milhões registrados no mesmo período do ano passado.

Já a área de automação de lojas de varejo registrou receita de US$ 221 milhões e receita operacional de US$ 8 milhões, o mesmo valor do gerado no segundo trimestre de 2006. A receita operacional se beneficiou de um mix melhorado de receitas de tecnologias de auto-atendimento, que foi compensado por baixas de inventário e maior investimento em vendas, marketing e pesquisa, e desenvolvimento relativos às iniciativas de auto-serviço da empresa.

Em janeiro, a NCR anunciou a intenção de se separar em duas empresas independentes de capital aberto, através do desmembramento completo dos negócios da Teradata Data Warehousing. Na conclusão do desmembramento, os acionistas da NCR receberão ações da Teradata Corporation na base de um para um.

Durante o segundo trimestre, a companhia continuou implementando seu plano para completar o desmembramento. A NCR requisitou uma decisão fiscal favorável do Internal Revenue Service, órgão similar à Receita Federal brasileira, referente à distribuição livre de impostos da subsidiária da NCR, que passará a ser dona do ativo e passivo relativos aos negócios da Teradata. Além disso, a Teradata registrou e retificou sua declaração de registro relativa ao desmembramento junto à SEC, a comissão de valores imobiliários norte-americana. A NCR prevê que a separação será concluída até o fim do terceiro trimestre.

Tags:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top