Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Cisco terá de pagar US$ 330 mi a mais, se quiser ficar com Tandberg

Postado em: 06/11/2009, às 22:35 por Redação

Em carta aberta enviada a Cisco nesta sexta-feira, 6, os acionistas minoritários da Tandberg, fornecedora norueguesa de sistemas de telepresença e videoconferência, disseram que a oferta de compra feita pela fabricante de equipamentos de rede, no valor de US$ 3 bilhões, está pelo menos 11% abaixo do que eles consideram ser valor real da empresa. E deixaram claro que, para a proposta ser aceita, a Cisco deverá chegar nesse patamar.
Na carta, assinada pelo fundo de investimento Panta Capital e a empresa de consultoria Scott Associates AG, foi estabelecida a data de 9 de novembro, próxima segunda-feira, para que a Cisco diga se a aceita ou não a contraproposta feita pelos acionistas minoritários. Se aceitar, a Cisco vai pagar 153,50 coroas norueguesas (o equivalente a US$ 27,05) por ação da Tandberg, ante os US$ 26 por ação oferecidos anteriormente pela empresa.
Segundo os acionistas, a oferta inicial da Cisco não reflete adequadamente o desempenho operacional da Tandberg nem a valorização dos seus ativos. O preço de oferta aceitável seria de pelo menos 170 coroas por ação, conforme disse o diretor da Panta Capital, Peter Germonpre.
No entanto, o porta-voz de imprensa da Cisco, Tim Burt, disse por meio de comunicado que a empresa considera que a oferta inicial é "completa e justa". Ele salientou que a Cisco ainda não decidiu se irá prorrogar o período da oferta ou se poderá considerar a contraproposta da Tandberg como uma opção. A empresa divulgará a sua decisão depois de analisar o nível de aceitação no dia 9 de novembro, segundo Burt.
A aceitação de 90% dos acionistas da Tandberg da oferta inicial feita pela Cisco é "um percentual mínimo de votos exigido" e a empresa disse que ainda não sabe quantos podem aceitá-la, disse Burt.
Germonpre disse que a Panta Capital e a Scott Associates representam, cada uma, menos de 1% do total de ações da Tandberg, mas ressaltou que ele tem falado com os outros acionistas da empresa que "têm as mesmas questões e preocupações" sobre o lance inicial. "Eu acho que a aceitação vai ser muito baixa", previu ele.

Tags:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top