Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

3CON e MSCS-X lançam pacote de segurança para mainframe

Postado em: 06/11/2012, às 20:18 por Redação

A 3CON e a MSCS-X anunciam o lançamento do 3X Security, uma suíte de segurança para a plataforma mainframe desenvolvida no Brasil a partir de demandas crescentes de mercado. As áreas de desenvolvimento das empresas se uniram para trazer ao mercado uma solução inédita no país.

“A afirmação de que o mainframe é um ambiente inexpugnável fez com que muitas empresas tivessem enormes prejuízos, pois permitiram que fragilidades do ambiente fossem exploradas por ações maliciosas internas e externas. O 3X Security chega como resposta a essa necessidade de rastrear e monitorar a alta plataforma”, disse Aloysio Honorato, diretor da MSCS-X.

De acordo com Genivaldo Araújo, diretor comercial da 3CON, a nova solução é a única no mercado que investiga, responde a incidentes e detecta fraudes em tempo real no mainframe. “Após quase dois anos de trabalho e investimentos de cerca de R$ 2 milhões, concebemos um sistema que monitora, investiga e gera relatórios em tempo real de acordo com as regras do negócio. Além disso, como inovação em softwares investigativos, o módulo de alertas possui uma console e relatórios de eventos para integração total com o Security Operation Centers (SOCs) e Security Information and Event Management (SIEM)”, explica.

Honorato conta que a ideia do produto nasceu quando ainda trabalhava como responsável pela segurança de informação do ambiente mainframe em uma grande empresa. Na época, ele precisava de uma ferramenta que desse alerta em tempo real em caso de intrusão e promovesse a rastreabilidade de aplicações legadas, importantes ao negocio da empresa. Não encontrou no mercado nada que se aplicasse e começou a pensar em desenvolver uma solução.

Solução econômica

O diretor da MSCS-X destaca ainda que o sistema é fácil de usar e foi criado pensando nos profissionais de segurança da informação. “Não é preciso ser um especialista em mainframe para operar a ferramenta. Ela é amigável e interativa. Com uma semana de treinamento, a maioria dos profissionais de TI estará preparada para operá-la”. Além disso, ele afirma, é uma ferramenta econômica, levando-se em consideração os custos da alta plataforma. “O valor da manutenção mensal de um ambiente mainframe é apurado pela quantidade de MIPS/MSUs instalados. Quando há o aumento desse consumo, todo o custo da instalação sofre alteração. Com o 3X Security, não existe consumo de nenhum recurso do mainframe”, afirma.

Araújo explica que o 3X Security será comercializado através do modelo de venda de licença pelas equipes da 3CON e MSCS-X, que também responderão pela implantação, customização e suporte técnico. Os mercados alvo são os de telecom, finanças, governo, varejo e utilities. Na opinião do diretor, o mercado financeiro é prioritário, pois em caso de fraude as perdas são imediatas. “O Brasil possui pouco mais de 200 instalações mainframe e foi o país que mais vendeu sistema zOS na América Latina em 2011. Temos um mercado quase inexplorado pela frente”, analisa.

A nova suíte de segurança é formada pelos módulos 3X Alert, 3X View e 3X Capture. Algumas de suas features, que fazem dela uma solução exclusiva, são a geração de alertas via email, SMS e outros protocolos de eventos pré-parametrizados no sistema para tomada de ações pela área de resposta a incidentes; pesquisa em todos os dados do pacote, como IP, Porta, Data, Hora, String de transição bilateral no mainframe; geração de material para laudo forense; e capacidade de parametrização de inúmeras regras de negócios simultâneas. Além disso, a análise e rastreabilidade do tráfego 3270 são recursos que atendem às exigências de transparência exigida pela Sarbanes-Oxley.

Tags:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top