Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Ações da Qualcomm desabam 12% com anúncio de nova investigação antitruste

Postado em: 06/11/2014, às 15:08 por Redação

As ações da Qualcomm, fabricante americana de chipsets para dispositivos móveis, despencaram no pregão da Nasdaq nesta quinta-feira, 6, após a empresa divulgar, juntamente com os resultados financeiros referentes ao quarto trimestre e ao ano fiscal de 2014, encerrado em 28 de setembro, que suas práticas de negócios também estão sendo investigadas pela Comissão Federal de Comércio dos Estados Unidos (FTC, na sigla em inglês).

A notícia fez com que as ações da empresa já abrissem o pregão em queda de 8%, cotadas a US$ 71, e por volta das 13h10 (horário de Brasília) o recuo atingiu pico de 12%, com os papéis negociados a US$ 67,91. O mau desempenho da Qualcomm na Nasdaq perdurou durante todo o dia e os papéis da empresa encerraram o pregão valendo US$ 70,58, queda de 8,5%.

A companhia, que há um ano enfrenta investigação do órgão antitruste chinês por práticas de monopólio, mais recentemente passou a ser questionada pela Comissão Europeia sobre descontos e outros incentivos financeiros na venda de seus chips. Agora, ela está sob averiguação do órgão americano por supostamente infringir as normas de licenciamento de patentes, particularmente o Termo Frand, que obriga as companhias cujas tecnologias são designadas como "padrões essenciais" da indústria a licenciá-las aos concorrentes em condições "equivalentes, razoáveis e não discriminatórias".

A Qualcomm confirmou ter recebido notificação da FTC sobre a investigação no dia 17 de setembro. "Estamos cooperando plenamente com essas agências e acreditamos que nossas práticas cumprem as leis desses países", disse Steve Mollenkopf, presidente-executivo da Qualcomm.

Se a violação for confirmada, a FTC pode impor uma multa ou a mudança nas práticas de licenciamento de patentes da Qualcomm, que pode arcar com uma possível multa de mais de US$ 1 bilhão na China, como resultado da investigação da Comissão Nacional de Desenvolvimento e Reforma (CNDR) daquele país.

Resultados financeiros

A companhia também divulgou os resultados financeiros do quarto trimestre do ano fiscal de 2014 com lucro de US$ 1,89 bilhão no período, crescimento de 26% frente a lucro de US$ 1,5 bilhão em igual período do exercício fiscal anterior. A receita no trimestre totalizou US$ 6,69 bilhões, alta de 3% na comparação com os US$ 6,48 bilhões obtidos um ano antes.

Em todo ano fiscal, o lucro da Qualcomm atingiu US$ 7,96 bilhões, alta de 16% na comparação com os US$ 6,85 bilhões obtidos no exercício anterior. A receita contabilizou US$ 26,5 bilhões, contra US$ 24,8 bilhões um ano antes, elevação de 7% no período.

Tags: , , , , , , ,

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top