Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Gastos com TI no Brasil devem atingir R$ 45 bi neste ano, aponta IDC

Postado em: 07/03/2007, às 20:50 por Redação

Os gastos das empresas no Brasil com tecnologia da informação (TI) deve alcançar R$ 45 bilhões neste ano, o que equivale a um crescimento de cerca de 15% em relação aos R$ 39 bilhões gastos em 2006. A projeção é de estudo realizado pela consultoria IDC Brasil, divulgada nesta quarta-feira (7/3), o qual avalia que, se confirmada essa cifra, a representatividade de TI dentro do PIB nacional aumentará sua fatia de 2% obtida em 2006 para 2,2% em 2007.

O dados são do relatório Brazil IT Spending by State 2007, que apresenta a divisão dos investimentos em tecnologia por todo território brasileiro, com a cobertura de cada estado e região do país.

De acordo com o estudo, a região Sudeste, que possui a maior concentração de grandes indústrias, deve manter o posto de centro investidor de TI no Brasil, respondendo por mais de 60% do total de gastos com tecnologia. Além do estado de São Paulo, que sozinho detém 35% dos investimentos, os estados do Rio de Janeiro, Espírito Santo e Minas Gerais devem concentrar 25% dos investimentos, especialmente Minas, que tem se destacado pelo crescimento acelerado das compras de tecnologia.

Em relação aos investimentos em TI, o Rio Grande do Sul deve liderar os aportes da região Sul, mas para a IDC o destaque será o Paraná. Com as indústrias se beneficiando dos incentivos fiscais promovidos pelo governo paranaense, as aplicações em TI estão em franco crescimento. ?Uma vez que o setor de tecnologia é um termômetro do investimento em produção, consideramos que os estados dessa região, principalmente o Paraná, estão atingindo um importante patamar de desenvolvimento, o qual se sustentará com o tempo?, explica Reinaldo Sakis, analista da IDC Brasil responsável pelo estudo.

A região Nordeste deve responder por 8,3% do investimento nacional em TI. A Bahia ganha evidência, devendo investir cerca de R$ 2 bilhões graças à aceleração da produção de eletroeletrônicos e componentes de Ilhéus.

Como o estudo contempla os centros de compras, o Centro-Oeste promete ganhar destaque pelas contínuas compras de TI do Distrito Federal. Sakis comenta que o governo está aumentando cada vez mais seus gastos com tecnologia para aplicar em ações de transparência para a população, inclusão digital e na melhoria de sua própria infra-estrutura. ?Para se ter uma idéia, 8,2% do investimento nacional em hardware será feito pelo Distrito Federal neste ano?.

Na região Norte, a Zona Franca de Manaus continua a ser o principal destaque com a produção de componentes e de monitores, que é um mercado muito forte e em franca expansão no país, além de computadores, que devem acelerar ainda mais os investimentos para 2007. A IDC projeta que cerca de 60% dos investimentos de TI na região sejam realizados na Zona Franca.

Tags: ,

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top