Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Acionistas da Dell se unem para tentar derrubar oferta de recompra de ações

Postado em: 07/05/2013, às 18:41 por Redação

Com o objetivo de tentar impedir o consórcio formado pelo CEO Michael Dell e o fundo de private equity Silver Lake Partners de recomprar as ações da Dell por US$ 24,4 bilhões, o megainvestidor e acionista Carl Icahn pretende unir forças com o maior acionista externo da companhia, o Southeastern Asset Management, para nomear novos membros para o conselho de administração da companhia, segundo informações de pessoas ligadas ao assunto fornecidas ao The Wall Street Journal. Ambos os acionistas foram publicamente contra o consórcio, que pretende pagar US$ 13,65 por ação para fechar o capital da Dell, alegando que a oferta desvaloriza a companhia.

Icahn chegou a fazer uma contraproposta para adquirir 58% da fabricante de PCs, por US$ 15 a ação, mas abandonou a ideia, segundo informações, e agora acredita que a nomeação de membros do conselho será uma forma de sinalizar aos acionistas que a empresa tem outras propostas e que a recompra deve ser recusada. Além disso, tendo pessoas ligadas a eles no conselho fica mais fácil para conduzir a uma decisão que os favoreça caso, de fato, a proposta seja recusada.

Icahn já havia afirmado que a empresa está sendo vendida por um preço baixo e que a Dell deveria fazer empréstimo e devolver o capital aos acionistas em vez de financiar a recompra. A Southeastern se opôs à recompra poucos dias após o anúncio. Juntos, os dois acionistas detém participação considerável na empresa, mas não supera a de Michael Dell, com 14% das ações em mãos. No mês passado, Icahn concordou em limitar o número de ações que poderá adquirir, ficando abaixo de 10%, e as organizações as quais lidera em troca do privilégio de poder se comunicar livremente com outros acionistas da companhia. O acordo cessaria divergências entre Icahn e Dell, mas a manobra com o Southeastern sinaliza que o caminho pode não estar tão livre assim.

Apesar do prazo de até 13 de maio para nomeação de novos membros ao conselho, o jornal americano diz que é mais provável que a votação sobre a recompra das ações seja realizada antes. Contudo, ainda não há data para nenhuma das votações, nem para a assembleia geral anual de acionistas. No mês passado, o fundo de investimento com maior potencial para rebater a oferta do Silver Lake, o Blackstone Group, retirou sua proposta por acreditar que a fabricante de PCs está se deteriorando mais rápido que o previsto.

Tags: , , , , ,

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top