Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Lucro da Hyperion cresce 14% no 1º trimestre fiscal

Postado em: 07/11/2005, às 16:41 por Redação

A Hyperion divulgou hoje (07/11) os resultados globais do primeiro trimestre do ano fiscal de 2006, encerrado em 30 de setembro de 2005, com crescimento no faturamento e na lucratividade. O faturamento total da companhia no período cresceu 7%, alcançando US$ 170,2 milhões contra US$ 159,5 milhões obtidos no mesmo período do ano fiscal anterior. Desse total, US$ 60,5 milhões vieram da venda de licenças de software (crescimento de 5% em relação ao mesmo período no ano anterior) e US$ 109,7 milhões de manutenção e serviços (crescimento de 7%).

Além do crescimento na receita, a empresa também alcançou resultado recorde em lucratividade (de acordo com os princípios gerais de contabilidade aceitos nos EUA ? US GAAP), atingindo US$ 13,3 milhões, valor 14% superior ao do primeiro trimestre do ano fiscal de 2005 (US$ 11,6 milhões). Isso representou um ganho por ação de US$ 0,33 contra US$ 0,29 em 2005.

O lucro líquido pro forma no período, (não-GAAP) cresceu 27% para US$ 19,9 milhões, ou seja, US$ 0,49 por ação, excluindo-se todos os impostos recolhidos, rendimentos recebidos, amortizações de ativos, compensação das ações e custos reestruturados. No primeiro trimestre do ano fiscal de 2005 o valor foi de US$ 15,7 milhões (US$ 0,39 por ação).

O balanço da Hyperion reflete investimentos de capital no curto prazo, totalizando US$ 436,5 milhões. Isso se compara aos US$ 440,7 milhões de capital no curto prazo investido até 30 de junho de 2005. O fluxo de caixa das operações no período foi de US$ 36,4 milhões. A empresa utilizou US$ 45,9 milhões para recomprar ações durante o trimestre, como parte do programa de recompra de ações de US$ 125 milhões anunciado em maio de 2005.

?Esses resultados refletem o mais forte desempenho já alcançado pela nossa equipe para o primeiro trimestre fiscal?, comemora Godfrey R. Sullivan, presidente e CEO da Hyperion. Segundo o executivo, o crescimento da receita foi resultado da grande procura pelas soluções de business performance management (BPM). Sullivan comenta ainda que, junto com mais um trimestre de resultados financeiros sólidos, a companhia começou a distribuir, no começo de outubro, o Hyperion System 9.

A Hyperion também anunciou hoje sua previsão para o segundo trimestre do ano fiscal de 2006. Numa base GAAP, a empresa espera um faturamento total na faixa de US$ 184 milhões a US$ 189 milhões.

Tags:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top