Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Mercado mundial de software cresce menos de 5% no 1º semestre, aponta estudo

Postado em: 07/11/2012, às 16:38 por Redação

As vendas mundiais de software registraram alta de 4,7% no primeiro semestre deste ano, na comparação com igual período do ano passado, totalizando US$ 167 bilhões. Os dados são da IDC, que espera um crescimento tímido nos próximos meses, ligeiramente inferior ao registrado em 2010 e 2011.

O desempenho da indústria do setor foi influenciado pela crise econômica na Europa, região que responde por mais de 27% das vendas globais e a única a registrar queda no primeiro semestre. Nos Estados Unidos, que representam 45% do mercado mundial, as vendas tiveram expansão de 6,8%, enquanto a América Latina e a Ásia-Pacífico (excluindo o Japão) também obtiveram “sólido crescimento”, segundo a consultoria.

No segmento de software comercial, as aplicações, que representam 49% das vendas totais, tiveram o aumento mais acelerado, de 5,1%. De acordo com a IDC, as ferramentas colaborativas e de gestão de relacionamento com o cliente (CRM) foram as impulsionadoras do crescimento. Os segmentos de desenvolvimento de aplicações e de software de infraestrutura de sistemas também se destacaram no período, puxados por mercados relacionados à virtualização.

Colaboração e CRM

No segmento de alicações colaborativas, os softwares sociais corporativos saltaram de 3% de participação de mercado em 2008 para mais de 11% na primeira metade deste ano. Por outro lado, as aplicações colaborativas em equipe subiram para 15% nos seis primeiros meses de 2012.

“Cada vez mais, companhias estão pensando em soluções sociais como apoio para tomada de decisões e facilitadores de trabalho. Elas estão procurando funções que integrem dados e conteúdos com pessoas e sistemas”, explica a gerente de pesquisa de tecnologias sociais e colaborativas da IDC, Vanessa Thompson. Ela defende que as organizações expandam o compartilhamento de informações para permitir a colaboração com maior margem em prol do negócio, atingindo também clientes, parceiros e fornecedores.

Os softwares de CRM contabilizaram alta de dois dígitos no primeiro semestre, com exceção do mercado de contact center. Os outros subssetores, como serviços ao cliente, marketing e vendas contabilizaram, juntos, crescimento superior a 12%. “A área de CRM viu o efeito de 2011 se prolongar neste ano. O ‘século do consumidor’ evidencia o aumento da experiência do cliente e, alavancado por mídias sociais, está motivando companhias a interagir com eles. A tecnologia é um requisito para entregar consistência”, disse a vice-presidente do programa de experiências do consumidor e aplicações CRM da IDC, Mary Wardley.

Nuvem e virtualização

Tanto o mercado de virtualização — máquinas virtualizadas e softwares de nuvem — quanto o de computação de clientes virtuais estiveram entre os que mais cresceram no primeiro semestre. Enquanto o primeiro teve alta de 17,8%, o segundo ficou na casa de dois dígitos, seguindo a tendência dos últimos três anos.

“As remessas de softwares de máquinas virtuais permanecem fortes e crescentes, mas presenciaram um certo freio em mercados maduros, com altas taxas de virtualização. Os modelos de negócio estão mudando também e, com isso, estão se tornando cada vez mais parte de sistemas operacionais e sistemas de nuvem”, detalha o gerente de pesquisa de nuvem e virtualização da IDC, Gary Chen. “Fornecedores como Microsoft e Red Hat desafiam a líder de mercado VMware com soluções eficazes e mais baratas”, finaliza.

Tags:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top