Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

A tecnologia e a colaboração nas estratégias das empresas

Postado em: 07/12/2011, às 15:28 por Redação

No mercado global, empresas, clientes e funcionários estão publicando e consumindo imensas quantidades de informações. De acordo com o IDC, em 2020 o “Universo Digital”, todos os dados criados por consumidores e empresas no planeta, será 44 vezes maior do que era em 2009.
As pessoas que descobrem, compartilham e aumentam o valor da informação colocam suas empresas à frente da concorrência. Tal informação tem o poder para acelerar a inovação, levar produtos para o mercado mais rapidamente e permitir que empregadores colaborem e compartilhem informação onde e quando eles precisarem.
Esse cenário emergente e descentralizado de negócios pede colaboração. Em uma era de expectativas instantâneas, colaboração significativa pode ser a diferença entre o sucesso e o fracasso. De fato, as empresas cada vez mais consideram a colaboração essencial para seu sucesso, de acordo com uma recente pesquisa global realizada pela Avanade. Mais de 80% dos entrevistados para a pesquisa concordaram que a colaboração por toda a empresa é mais importante do que a especialização do indivíduo para o sucesso.
Na mesma pesquisa, 75% das empresas disseram que esperam a ampliação do uso de ferramentas de colaboração no próximo ano. A atual realidade dos negócios requer que as empresas mudem radicalmente a maneira como elas operam em escala global. Ferramentas de comunicação e colaboração estão permitindo que as empresas colaborem e compartilhem informações mais rápidas e melhor, ao mesmo tempo em que estão reduzindo custos. Os principais benefícios incluem:
Custos mais baixos
O foco de muitas organizações na colaboração decorre da percepção dos benefícios de custo e eficiência. Algumas empresas têm sido capazes de reduzir as despesas com viagens em até 25%, dependendo de quanto apoio a equipe virtual e a infraestrutura de teleconferência proporcionam.
Maior produtividade
As empresas também estão relatando aumento na produtividade. A busca pela informação necessária pode custar tempo e dinheiro. Um estudo de 2009 do IDC estima que o custo médio associado à busca dos funcionários pela informação que precisam para o trabalho chega a US$3.300 por funcionário anualmente. Com base nesse estudo, as empresas estão notando um retorno do investimento com o uso de ferramentas de colaboração ao invés de pagar uma pessoa para gastar mais tempo caçando informações e resolvendo problemas.
Flexibilidade
Em tempos de economia difícil, e quando a concorrência aumenta, uma infraestrutura flexível de TI economiza dinheiro. Essa infraestrutura deve, sob demanda, expandir-se e contrair-se para acomodar as novas necessidades de negócios.
Menor tempo para o lançamento de produtos no mercado
As empresas de produtos podem se beneficiar da tecnologia de colaboração ao reduzir os ciclos de desenvolvimento de produtos. Quanto mais rápido a empresa conseguir levar o produto ao mercado, mais tempo ele poderá ser vendido com a marca da empresa, o que aumenta a receita.
Retenção de funcionários
Promover um ambiente corporativo colaborativo reforça e amplifica comportamentos que melhoram a moral dos funcionários. Um ambiente colaborativo cria lideranças e oportunidades de carreira ao ajudar os funcionários a trabalharem melhor juntos. E, finalmente, pode ter um impacto positivo como um todo. Uma maneira de conquistar isso é a criação de um diretório de pessoas bem informadas capazes de habilitar indivíduos a compartilharem suas experiências. Isso aumentaria a “inteligência coletiva” e ajudaria a conectar aqueles que precisam saber com aqueles que sabem. Pense nisso como uma rede social corporativa.
Ao mesmo tempo em que existem benefícios reais com a maior colaboração, os executivos também reconhecem alguns desafios específicos. Antes das empresas considerarem a colaboração com uma solução para cumprir objetivos de negócios, elas precisam compreender seu uso dentro do contexto das empresas. Por quê? Porque a colaboração envolve pessoas e tecnologia. Entender tanto os aspectos técnicos quanto comportamentais permite que as organizações identifiquem e atendam estrategicamente seus pontos atualmente mais sensíveis. Também as ajuda a medir e afinar o resultado das soluções que elas adotam.
O que não pode ser subestimado: o sucesso chega quando a organização considera as pessoas, o processo e os requisitos de tecnologia desde o começo. Uns se alimentam dos outros. Projetos que foquem apenas a implantação do processo, ou apenas a tecnologia, normalmente falham. Engajamentos de sucesso resultam de uma análise minuciosa de cada aspecto.


Hamilton Berteli, CTO da Avanade no Brasil.

Tags:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top