Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Toshiba quer fornecer reator para usina nuclear brasileira

Postado em: 08/08/2007, às 19:50 por Redação

O presidente mundial da Toshiba Corporation, Atsutoshi Nishida, afirmou nesta quarta-feira (8/8) que a empresa japonesa tem interesse em fornecer equipamentos para a quarta usina nuclear do Brasil. Ele veio ao país para celebrar os 30 anos da parceria da Toshiba com a brasileira Semp, que resultou na Semp Toshiba, fabricante de eletroeletrônicos. A companhia nipo-brasileira aproveitou a vinda de Nishida para anunciar que passará a fabricar produtos da linha branca, celular e GPS.

Em 2006, o grupo japonês comprou, por US$ 5,4 bilhões, uma das maiores produtoras de reatores nucleares, a Westinghouse, filial da estatal inglesa British Nuclear Fuels (BNFL) nos Estados Unidos. A usina Angra 1 utiliza tecnologia nuclear da empresa norte-americana.

?Queríamos que a Westinghouse continuasse [no setor nuclear brasileiro]. Se isso for possível, estaremos gratificados?, afirmou Nishida, acrescentando que nenhum acordo foi firmado e que ainda haverá o processo de concorrência.

Nishida reuniu-se na manhã desta quarta-feira com o presidente em exercício, José Alencar, no Palácio do Planalto. O presidente da Empresa de Pesquisa Energética (EPE), Maurício Tolmasquim, informou na terça-feira (7/8) que a Eletronuclear está autorizada a iniciar os estudos para definir o local de instalação da quarta usina no país. A autorização foi dada pelo Conselho Nacional de Política Energética.

A nova usina nuclear terá capacidade de produzir cerca de mil megawatts, deverá ser instalada na região Nordeste e tem previsão de entrar em operação entre 2015 e 2020. "É um projeto adicional ao de Angra 3, que entrará em operação em meados de 2013", esclareceu Tolmasquim.

Organizações não-governamentais protestaram nesta quarta-feira em frente ao Palácio do Planalto contra a retomada da construção de Angra 3 e o programa nuclear brasileiro.

Com informações da Agência Brasil.

Tags:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top