Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Governança de dados será pré-requisito para CIOs nos próximos quatro anos

Postado em: 08/08/2008, às 12:24 por Redação

A pesquisa de mercado de metadados de 2008, realizada pela IBM e a Gavilan Research Associates com clientes de diferentes indústrias aponta que 67% das empresas colocam a governança de dados entre os principais problemas relacionados à metadados – instrumental para transformar dados brutos em conhecimento.

A partir da pesquisa, a IBM prevê que, para se manterem competitivas, as companhias terão de adotar um novo posicionamento nos próximos quatro anos em relação ao gerenciamento de informações de clientes, detalhes financeiros e registros de funcionários como a criação de um conselho de governança.

Em alguns países, as empresas terão que demonstrar suas práticas de governança aos órgãos fiscais como parte de auditorias regulares, e que o valor dos dados será tratado como um ativo no balanço e relatado pelo CFO, ao mesmo tempo em que a qualidade dessas informações se tornará uma métrica de relatório técnico e um indicador-chave de desempenho da área de TI.

Em decorrência desse gerenciamento, calcular o risco se tornará também uma função da área de tecnologia da informação, o que mudará o papel do CIO, que será responsável por relatar riscos e qualidade de dados aos seus gestores.

"Não existe uma abordagem única. Cada empresa precisa configurar seu próprio programa de governança de dados com base em suas necessidades individuais", explica Luiz Felipe Ferlauto, executivo de desenvolvimento de negócios de serviços da IBM Brasil.

Os entrevistados disseram ainda que a falha no gerenciamento de seus metadados resultará em custos maiores para administrar suas operações de negócios, além da exposição adicional a riscos.

O estudo foi realizado com cerca de 300 profissionais de gestão de dados de empresas líderes globais. 45% ainda não têm um conselho de governança de dados ou projetos de governança em andamento.

Tags:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top