Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Nvidia projeta receita de US$ 1 bi com processadores móveis em 2012

Postado em: 08/09/2011, às 15:00 por Fernando Paiva

A Nvidia projeta alcançar no ano que vem uma receita de US$ 1 bilhão com a venda de chipsets para dispositivos móveis, o que representa mais que o dobro do previsto para 2011 (US$ 450 milhões). Desse total, aproximadamente 75% será proveniente de sua nova geração de processadores, a Kal-El, e 25% do Tegra 2, atual modelo disponível comercialmente. "2011 foi o ano em que entramos seriamente no mercado de processadores para dispositivos móveis", diz o vice-presidente executivo de vendas globais da Nvidia, Jay Puri, em visita ao Rio de Janeiro nesta quinta-feira, 8.

O Tegra 2 é um processador dual-core lançado no começo deste ano. Ele está presente em aparelhos high end, como o Motorola Atrix e o LG Optimus 2X. O Kal-El, por sua vez, será o primeiro processador móvel quadcore da Nvidia. A previsão é de que os primeiros tablets dotados com a tecnologia sejam lançados neste Natal, enquanto os smartphones ficarão para o primeiro trimestre de 2012. "Todos os grandes fabricantes estão trabalhando no lançamento de modelos com esse novo processador", afirma Puri, sem poder citar nomes específicos. Além de um CPU com quatro núcleos, o Kal-El roda gráficos com uma velocidade três vezes maior que o Tegra 2 e consome menos energia, pois possui um quinto núcleo de baixo consumo que se encarrega de processar as aplicações mais simples que rodam no background quando o usuário não está utilizando o aparelho. Segundo Puri, os chipsets quadcore são bons especialmente para games, aplicações em 3D e realidade aumentada. "Queremos que a navegação na web através de dispositivos móveis seja tão boa quanto em PCs", explica o executivo.

Preços

A Nvidia é conhecida por seus chipsets de alto desempenho, embarcados em smartphones e tablets de gama alta. Porém, a empresa tem planos de, no futuro, oferecer componentes para produtos mais baratos. Fez parte dessa estratégia a recente aquisição da Icera, uma fabricante de chipsets para comunicação sem fio. "Integraremos a tecnologia da Icera com a plataforma Tegra dentro de um ano. Isso nos permitirá atender ao mercado de modelos de gamas mais baixas a partir de 2013", informa Puri.

Tags: , , , ,

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top