Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Aplicativos de VOD são os mais procurados para TVs conectadas

Postado em: 08/11/2011, às 15:48 por Ana Carolina Barbosa

Segundo os fabricantes de SmarTVs que participaram do seminário TV.Apps, evento promovido pela Converge Comunicações nesta terça-feira, 8, em São Paulo, os aplicativos de vídeo on demand (VOD) são os mais acessados, seguidos pelas redes sociais. O gerente de TVs da Samsung, Rafael Cintra, afirma que há uma predominância do VOD. Marcelo Varon, gerente de Internet vídeo da Sony, explica que dos 40 aplicativos disponíveis na plataforma da fabricante, apenas Facebook, Skype e Twitter não são de vídeo. Entre as parceiras da fabricante estão Band, SBT e a TV L!, do diário esportivo Lance!. “Na TV as pessoas querem ver vídeos”, explica o executivo. “A revolução no caso das emissoras é não estar preso ao que ela te passa. Você pode assistir o que quiser, a hora que quiser. Isso vem a complementar a programação de TV”, disse.

Varon citou que o que mais chama a atenção do usuário é YouTube, conteúdos locais, esporte, conteúdos diferenciados e redes sociais. Em conteúdos diferenciados, a Sony apostou no lançamento de um canal 3D. No futuro, Varon aposta no sucesso dos conteúdos premium e nos games. “Os games terão cada vez mais força entre os conteúdos [para TVs conectadas] porque é uma porta de entrada para a geração Y”, diz.

Sandro Ludtke, responsável pela área de desenvolvimento de aplicações para novas plataformas do Banco do Brasil, falou sobre a iniciativa da instituição financeira de entrar nas plataformas de TVs inteligentes. Hoje, o BB tem aplicativo na plataforma da LG. “O grande desafio é a experiência de uso. Você pode passar horas desenvolvendo e prototipando, mas se a experiência de uso não for boa, é uma situação crítica”, diz.

Breno Masi, da desenvolvedora Finger Tips, também aposta na plataforma de games e no desenvolvimento do mercado. “Há muitas possibilidades de crescimento e de inovação”, afirma. Ele contou que a empresa hoje tem seis células para desenvolvimento de TV, com um profissional focado em Samsung e um em LG. “Uma plataforma única seria mais fácil”, sugere.

Tags: , , ,

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top