Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Stefanini mira aquisições com meta de faturar cerca de R$ 1,7 bilhão em 2012

Postado em: 08/12/2011, às 16:36 por Victor Hugo Cardoso Alves

Com uma previsão de crescimento de 21% no faturamento neste ano, que deve totalizar R$ 1,24 bilhão, a empresa brasileira de serviços de TI Stefanini tem meta ambiciosa para 2012: crescer 35% e faturar R$ 1,67 bilhão. Este, ao menos, é o objetivo do presidente da companhia, Marco Stefanini. Segundo ele, a estratégia para atingir esse intento não difere muito da que vem adotando até agora, que é a aposta na internacionalização da empresa e em aquisições. A única alteração em relação a este ano é que a Stefanini pretende comprar empresas também no Brasil. "Pretendemos fazer novas aquisições no exterior, principalmente nos Estados Unidos e Europa, e voltar a comprar companhias locais."

O executivo adianta que já está em fase de negociações avançadas com duas empresas nacionais – cujos nomes ele não revela. A preferência, segundo ele, é por empresas com faturamento de até R$ 30 milhões, que complementem seu portfólio ou agreguem novos clientes à sua carteira, ou empresas com foco em nichos específicos, principalmente empresas cuja oferta seja para além de serviços. Com a estratégia, a expectativa é que somente o mercado brasileiro, que neste ano deve responder por R$ 744 milhões do faturamento, registre crescimento de 25% a 40% em 2012.

Para as aquisições, a Stefanini utilizará tanto recursos de seu caixa como recorrerpa a empréstimos. Marco Stefanini disse ainda que, além da estratégia de consolidação, deve investir R$ 300 milhões até 2014, sendo R$ 150 milhões na operação brasileira. Os recursos serão aplicados na contratação de pessoal, na expansão da atuação – tanto internacional quanto nacionalmente – e na ampliação do portfólio. A companhia pretende ampliar seu quadro de pessoal em 2,5 mil a 3 mil profissionais. Atualmente, ela possui 14 mil empregados. Por fim, o executivo disse a Stefanini operou uma mudança na sua estrutura organizacional, que agora terá comando dividido em quatro regiões: Latam, América do Norte, EMEA e Ásia-Pacífico.

Tags:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top