Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

UE inicia investigação contra Qualcomm por 'práticas anticoncorrenciais' na venda de chip

Postado em: 08/12/2015, às 14:26 por Redação

A Comissão Europeia iniciou uma investigação contra a Qualcomm por "possíveis práticas comerciais anticompetitivas", informou o Boletim Oficial da União Europeia nesta terça-feira, 8. A fabricante de chips para dispositivos móveis é acusada de pagar ilegalmente "quantias significativas", desde 2011, a um grande fabricante de tablets e smartphnes, cujo nome não foi revelado, para usar exclusivamente seus chips.

O órgão antritruste investiga ainda a possibilidade de a empresa ter vendido alguns chipsets abaixo do custo, entre 2009 e 2011, para sufocar a concorrência da Icera, fabricante de processadores para celulares e tablets 3G e 4G, adquirida há pouco mais de quatro anos pela Nvidia. "Estamos averiguando se as práticas comerciais da Qualcomm podem ter empurrado para fora do mercado concorrentes menores [como a Icera] ou se elas as impediram de competir", disse a chefe antitruste do bloco econômico, Margrethe Vestager.

Se as acusações forem confirmadas, a Qualcomm poderá ter de pagar multa de até 10% sobre sua receita global anual, que contabilizou mais de US$ 25 bilhões no ano fiscal de 2015, encerrado em 27 de setembro.

Em comunicado, a Qualcomm diz que está cooperando com as autoridades da União Eeuropeia. "Estamos ansiosos para demonstrar que a concorrência na venda de chips móveis tem sido e continua a ser forte e dinâmica, e que as práticas de vendas da Qualcomm sempre estiveram em conformidade com a legislação de defesa da concorrência europeia", disse o conselheiro geral da Qualcomm, Don Rosenberg.

A Qualcomm tem três meses para responder à acusação e quatro meses para responder à acusação de prática de dumping nos preços de chipsets. A empresa também pode pedir uma audiência à Comissão Europeia para melhor explicar o caso.

A fabricante de chips também está sendo investigada pela autoridade antitruste de Taiwan devido aos seus acordos de licenciamento de patentes. Ela também disse que está cooperando com as autoridades taiwanesas e também sustenta que está em conformidade com as leis locais.

A Qualcomm é a maior fabricante mundial de chips de banda base, que são usados ??para processar as comunicações em smartphones, tablets e outros dispositivos de banda larga móvel. Após ele ter adquirido algumas empresas rivais que forneciam chips para dispositivos usados em redes LTE, de quarta geração, várias fornecedores abandonaram o negócio de banda base, incluindo Texas Instruments e a Broadcom Corp, pela impossibilidade de competir com ela. Com informações de agências de notícias e imprensa internacional.

Tags: , , , , , , , , ,

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top