Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Empresas de software de Campinas alcançam R$ 1 bilhão de faturamento

Postado em: 09/01/2012, às 15:49 por Redação

O ecossistema de empresas de Tecnologia da Informação de Campinas superou a marca de R$ 1 bilhão de faturamento anual. É o que aponta um levantamento feito pelo Núcleo Softex Campinas – órgão que reúne empresas de tecnologia da informação de Campinas e região – com base no faturamento das 140 empresas associadas em 2010. Para 2011, a expectativa do Núcleo é de que o segmento cresça 30% em relação ao ano passado.
De acordo com Fábio Pagani, coordenador adjunto do Núcleo Softex, trata-se de um marco importante, que mostra a força da região como pólo produtor de tecnologia. “O resultado do levantamento é uma prova do alto nível de maturidade alcançado pelas empresas de software de Campinas, e de que elas continuam competitivas no mercado nacional”, afirma. Pagani ressalta, ainda, que a região enfrentará uma série de desafios para que seu ecossistema continue evoluindo, entre eles o surgimento de novos negócios a escassez de mão de obra especializada.
Tendo como objetivo auxiliar as empresas a superarem estes desafios e contribuir para o desenvolvimento do setor, o Núcleo Softex esta colocando em prática um plano de ações que visa a fortalecer a marca “Campinas” como pólo de alta tecnologia. O projeto consiste em uma série de iniciativas que podem ser resumidas em três pilares: fortalecimento do ecossistema, fomento ao empreendedorismo e suporte ao desenvolvimento das empresas.
Para fomentar o surgimento de negócios, o Softex está seguindo o modelo do Vale do Silício, na Califórnia, e acaba de se tornar sócia de uma empresa de participações para investir em startups. Além disso, em parceria com a Inova – Agência de Inovação da Unicamp, o Softex está reestruturando sua incubadora e abrirá espaço para novas startups que queiram se desenvolver dentro do Núcleo a partir do início do próximo ano. “A meta é que Campinas se torne referência nacional em produção tecnológica, em especial no desenvolvimento de software, e que isso atraia cada vez mais investimentos”, afirma Pagani.
Outra frente importante do projeto é a criação de um cronograma de eventos estruturado a partir 2012, que terá o objetivo de atrair alunos de computação, investidores, empreendedores e interessados de todo o Brasil para Campinas. Entre os eventos que serão organizados pelo Softex, estão dois Startup Weekends, evento mundial que têm como o objetivo a apresentação de projetos empreendedores, e também o CodeFest – uma grande competição de desenvolvimento de software voltada a alunos universitários, que visa a formação de mão de obra para as empresas da região.

Tags:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top