Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Futureclinic introduz medicina genômica em sistema de saúde espanhol

Postado em: 09/01/2012, às 21:40 por Redação

A Indra em conjunto com a Bull Espanha estão implantando o projeto ‘FutureClinic’, que visa a pesquisa e o desenvolvimento de novas tecnologias que permitam a introdução da medicina genômica personalizada no sistema de saúde. O projeto, promovido pela prefeitura de Valência, através do Departamento de Saúde, conta com um prazo de execução de dois anos, findo o qual espera-se obter um piloto para demonstrar a eficiência da medicina genômica e seu potencial de redução de custos no sistema de saúde.

A Indra lidera este projeto em conjunto com a Bull Espanha, através de um consórcio no qual também está presente a Universidade Politécnica de Valência, por meio de seu Instituto de Pesquisa 3 OPI; as empresas valencianas GEM BioSoft; o Instituto de Medicina Genômica (Imegen); iProcuratio Consultores e VeraTech for Health SL; entre outras organizações de pesquisa como o Instituto Tecnológico de Informática (ITI), a Fundação para a Pesquisa de Saúde e Biomédica da Comunidade Valenciana (FISABIO), o Centro de Pesquisa Príncipe Felipe (CIPF), o Centro de Pesquisa em Métodos de Produção de Software (PROS) e o Instituto de Instrumentação para Imagem Molecular (I3M).

O ‘FutureClinic’ prevê contribuir para o avanço da medicina genômica apostando em sua eficiência e menor custo em comparação com os sistemas de saúde atuais, assim como assumir a consequente reforma dos sistemas de informação clínicos para armazenar e gerenciar a informação gerada. As análises, desenho e desenvolvimento da solução proposta serão realizados no cenário real da Comunidade Valenciana, a fim de aproveitar as sinergias de outros projetos já em andamento e alinhados com os desafios encontrados na ‘FutureClinic’.

Para isso, o projeto conta com várias linhas de atuação como a pesquisa de novos algoritmos e sistemas de processamento sobre informação genômica, o que permitirá um maior rendimento e rapidez em análises e, em consequência, no tratamento das doenças. Estudará, também, a integração da informação genômica com os sistemas de saúde atuais e a representação dos dados para o profissional médico, de maneira que se possam desenvolver soluções que permitam incorporar o genoma dos pacientes e o genoma das doenças nas análises clínicas. Além disso, o projeto também contempla a criação de um Escritório Estratégico de Bioinformática no Centro de Pesquisa Príncipe Felipe.

O ‘FutureClinic’ provará a possibilidade de incorporação dos dados genômicos no sistema de saúde através dos casos reais com grupos clínicos da Comunidade Valenciana. Aplicar-se-ão os conceitos alcançados desenvolvendo um sistema integral que permita usar os dados genômicos do paciente dentro do sistema de saúde, para melhorar o diagnóstico e prognóstico das doenças. Os grupos clínicos colaborarão na definição dos dados necessários na medicina clinica e a interface mais apropriada para que o médico consulte esta informação.

Após a fase de pesquisa e prova de conceito que será desenvolvida neste projeto, os resultados poderão avançar para uma fase de desenvolvimento, protótipos e, posteriormente, comercialização. Para ajudar a divulgar os resultados será criada uma página web onde se poderá conhecer o desenvolvimento do projeto.

Benefícios

A solução resultante vai ajudar a avançar no estudo e conhecimento da informação genômica, assim como na concepção dos atuais sistemas de saúde existentes, apresentando os mecanismos necessários para facilitar a introdução da medicina personalizada na prestação assistencial, tanto na prevenção como na identificação do diagnóstico e tratamento mais efetivo. ‘O FutureClinic’ ajudará também uma maior eficiência e sustentabilidade do sistema de saúde de médio a longo prazo pela potencial diminuição do gasto assistencial e farmacêutico, assim como melhorará a proatividade deste, aumentando a capacidade de ações e terapias alternativas.

No final resultará em uma melhora na qualidade assistencial aos pacientes já que a informação genômica obtida possibilitará o diagnóstico de patologias que, até o momento, tem resultado praticamente inacessíveis para o elevado número de genes envolvidos e, portanto, por um amplo prazo de entrega em resultados, com o custo econômico asociado que isso implica.

Além disso, grande parte dos desenvolvimentos do ‘FutureClinic’ são exportados tanto para outras comunidades espanholas no âmbito internacional onde outros países europeus como Alemanha, França, Inglaterra, Holanda ou Bélgica, já encontram-se trabalhando em soluções semelhantes.

Medicina genômica

A aproximação genômica de doenças é de grande utilidade para aquelas que tem uma causa genética (doenças hereditárias) ou desenvolve por mutações adquiridas no genôma (sendo a mais conhecida o câncer). Os espetaculares avanços que se tem produzido durante os últimos anos das técnicas de sequenciamento propiciam a chegada de uma medicina genômica que permitirá acumular conhecimento suficiente para tomar decisões personalizadas sobre tratamentos.

O ‘FutureClinic’ é uma aposta clara por este novo cenário clínico. No interior, aqueles sistemas de saúde que não estão prontos para integrar estas novas capacidades poderiam ser atrasados em comparação a outros mais avançados e depender tecnologicamente deles, o que implicaria maiores limitações desde o ponto de vista assistencial e econômico.

A capacidade de gerenciar, processar e converter em informação útil o grande volume de dados produzidos por estas tecnologias poderiam ser determinante no campo da investigação e os desenvolvimentos de qualidade. Além disso, o projeto será especialmente chave na implementação de novos métodos de diagnósticos e protocolos de tratamento, assim como no desenvolvimento de remédios destinados ao pacientes.

Graças a este projeto, a Comunidade Valenciana dará um salto qualitativo na investigação da medicina genômica, abrindo novos caminhos no conhecimento da mesma e em suas aplicações reais. Uma aposta pela inovação em matéria de saúde foi completada com destacadas soluções ao longo dos últimos anos e em que a Indra tem colaborado graças ao desenvolvimento de alguns dos principais sistemas da AVS, como o sistema de gestão hospitais Abucasis, o Gestor de prestação farmacêutica GAIA, o sistema de História de Saúde Eletrônica, o Registro Nominal de Vacunas ou o sistema de segurança alimentar da Direção Geral da Saúde Pública.

Tags:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top