Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

TV Record atualiza rede para melhorar tráfego de dados

Postado em: 09/09/2005, às 16:13 por Redação

Preocupada em não perder terreno para o Jornal do SBT, com a chegada de Ana Paula Padrão, a TV Record decidiu investir em um amplo projeto de atualização da sua rede interna de transmissão de dados para melhorar ainda mais a troca de informações da área de jornalismo e evitar possíveis falhas na produção de telejornais. A fornecedora dos equipamentos de infra-estrutura de rede é a 3Com, mas o valor do contrato não foi revelado.

O projeto, implantado em parceria com a Epime Tecnologia, uma revenda da 3Com, envolveu a substituição do switch modelo 4007 por dois switches modelo 7700 da própria fabricante, com capacidade para até 140 portas Gigabit Ethernet cada um. Foram trocados também os últimos hubs existentes na emissora por 24 switches SuperStack 3 4400 SE, o que perfaz 54 switches instalados ao todo, já que a Record vinha atualizando seu parque conforme a necessidade.

Os primeiros equipamentos da 3Com foram implantados na Record em 2000, quando a emissora baseou completamente sua rede de computadores em soluções da empresa. Antes da recente atualização, se houvesse um problema qualquer, a empresa poderia certamente ter prejuízos devido a demora em fazê-la voltar funcionar em um curto espaço de tempo. Além da capacidade de redundância, foram implementadas também LANs virtuais para separar o tráfego do jornalismo da rede corporativa.

Um dos motivos que levou a Record expandir a capacidade de portas e aumentar o número de conexões em fibra foi significativo crescimento da estrutura física da emissora. Do ano 2000 até hoje, contam-se pelo menos cinco núcleos de produção construídos e ativados. Agora, o backbone opera com taxa de transmissão a gigabits por segundo (Gbps) e as estações de trabalho a uma velocidade de 10/100 Mbps. O projeto envolveu a interligação de 17 prédios, todos localizados no perímetro da sede da emissora, no bairro da Barra Funda, em São Paulo.

O aumento do número de funcionários também foi outro fator que fez a emissora investir na atualização da rede. Em 2000, a empresa somava 1,5 mil pessoas e hoje conta com cerca de 2,4 mil. Deste total, cerca de 800 funcionários foram beneficiados com o projeto. Segundo Anderson Moura, gerente de informática da Record, a emissora começou a usufruir de imediato de alguns benefícios como alta disponibilidade, velocidade de rede, desempenho e tempo de resposta para o usuário final.

De acordo com o gerente de informática da Record, um importante fator que pesou na decisão da emissora em fazer a atualização foi o custo vantajoso dos equipamentos novos em relação aos antigos. "Com o mesmo valor que tínhamos de desembolso com o switch 4007 e seu contrato de manutenção, fizemos toda a atualização da rede, trocando o núcleo da rede, hubs e ainda mantendo um novo contrato de manutenção", afirma Anderson.

No futuro, a Record pretende investir em outros equipamentos e agregar novas funcionalidades à rede. "Com certeza, ainda não chegamos à modernização que gostaríamos e ainda pretendemos implementar voz sobre IP, QoS, network login e ampliar as tabelas de roteamento na nossa rede. Estamos satisfeitos com o trabalho que a 3Com vem desenvolvendo conosco e pretendemos consolidar a parceria nos próximos projetos", afirma Reinaldo Gilli, CIO da Record.

Tags:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top