Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Grupo educacional SEB estuda montagem própria de tablets no Brasil

Postado em: 09/09/2011, às 11:43 por Fernando Paiva

O grupo SEB, dono das redes de escolas SEB COC, Dom Bosco e Pueri Domus, além centro universitário Uniseb COC e Uniseb Interativo, estuda a possibilidade de montar por conta própria no Brasil os tablets que começa a adotar nas salas de aula. A alternativa está sendo avaliada em razão da grande quantidade de tablets demandada pelo grupo e os benefícios fiscais oferecidos pelo governo para a produção local, explica o pró-reitor do Uniseb Interativo, Jeferson Fagundes. Outro atrativo seria tornar o grupo SEB um fornecedor de tablets com material didático para o setor público, acrescenta.

A experiência do SEB com tablets começou este ano a partir da compra de 6 mil unidades para uso em ensino básico e 15 mil para os cursos de ensino a distância do Uniseb Interativo. Os tablets foram importados da China. Foi escolhido um modelo com tela de 8,4 polegadas, 4 Gb de memória, conecitivdade WiFi e Android 2.2. "Poderíamos comprar os componentes e montar aqui. Temos profissionais com conhecimento no assunto, que estão passando mais tempo na China do que no Brasil", explica Fagundes.

A empresa investiu até o momento US$ 15 milhões no projeto de adoção de tablets e laptops para seus estudantes. Nesse valor estão incluídos os custos de desenvolvimento do conteúdo didático embarcado nos dispositivos, assim como os custos de logística de entrega. O SEB precisou distribuir os tablets a seus 145 pólos de ensino a distância espalhados pelo Brasil. Metade dos 15 mil tablets já foram entregues aos estudantes do Uniseb Interativo. Somente novos alunos estão recebendo o produto. No ano que vem o volume de tablets comprados para ensino a distância deve aumentar para 20 mil, informa Fagundes. Os alunos recebem o aparelho em regime de comodato a partir do quarto mês de aula. Se abandonam o curso, devem devolver o equipamento à secretaria de seu pólo.

Por enquanto o Uniseb Interativo continua enviando material didático impresso para os estudantes, mesmo para aqueles que receberam o tablet. "Não queremos causar um choque nos alunos. A maioria tem entre 25 e 40 anos. Não são nativos digitais", explica o pró-reitor. Na prática, o estudante tem agora três opções para acesso ao conteúdo didático dos cursos: no tablet, nas apostilas impressas ou através de um PC, acessando o portal do centro universitário. A substituição do material impresso deve começar apenas em 2012. Quando concluída, proporcionará uma economia anual de R$ 4 milhões, calcula Fagundes.

Mobile+

O 4º Forum Mobile+, evento organizado pela Converge Comunicações que acontecerá nos dias 27 e 28 de setembro no Centro de Convenções Frei Caneca, em São Paulo, terá um painel dedicado ao uso de dispositivos móveis para fins educacionais. Estão confirmadas as presenças de Eduardo Alcalay, CEO do Grupo Estácio; Rocio del Campo, executiva responsável por América Latina da La Mark; Rodrigo Estrela, gestor de ensino à distância do Sebrae; e Ana Teresa Ralston, diretora de tecnologia de educação da Abril Educação. Para mais informações e inscrições, acesse o site do evento.

Tags: , , , ,

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top