Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Estudo indica que 54% das empresas já adotaram a virtualização de servidor

Postado em: 09/10/2007, às 21:40 por Redação

A virtualização tem registrado uma alta taxa de adoção contínua em todo o mundo, em grande parte devido à necessidade de corte de despesas a partir da consolidação de servidor e da adoção de recursos mais flexíveis. Uma prova disso é que aproximadamente 77% das companhias já adotaram ou planejaram avaliar algum tipo de virtualização dentro de seus ambientes de TI, conforme mostra uma recente pesquisa feita pelo Aberdeen Group.

O levantamento revela ainda que das 320 empresas consultadas 50% já adotaram a virtualização em sua estrutura de TI como mecanismo de apoio às suas estratégias de continuidade de negócios.

O estudo identificou, porém, que um sinal vermelho foi aceso em relação aos novos ambientes implantados: eles teriam que ser afiançados para que realmente pudessem garantir a alta disponibilidade, a recuperação de desastre e a continuidade de negócios. Conclusão: as empresas precisam começar a pensar mais atentamente sobre que tipo de virtualização deve ser escolhido para que esses objetivos sejam atingidos.

?A virtualização tem sido prontamente adotada pelos gestores de TI, particularmente no cerne do servidor, devido às pressões para consolidação do número de servidores que ocupam precioso espaço de bens imóveis?, comenta Ralph Rodriguez, vice-presidente sênior do Aberdeen Group.

O estudo também mostrou que 54% das empresas já adotaram a virtualização de servidor, enquanto que 24% têm planos para essa finalidade dentro dos próximos 12 meses. Outras 38% já utilizam a virtualização de armazenamento de dados e 25% pretendem adotar esse procedimento dentro dos próximos 12 meses.

?O próximo passo para a maioria daquelas empresas que adotaram a virtualização é pensar sobre como proteger os seus novos ambientes com a adoção de mecanismos de recuperação de desastres, alta disponibilidade e continuidade dos negócios?, explica Rodriguez.

Para aliviar os desafios da continuidade de negócios com os ambientes virtualizados, o Aberdeen Group acredita que as companhias devem dar uma resposta sincera se elas querem ou não adotar uma tecnologia e uma estratégia direcionadas que permitam a elas tirar real proveito da melhoria das taxas de utilização de armazenamento, do aumento da taxa de utilização do servidor e, ao mesmo tempo, da redução do tempo de manutenção não planejada.

Rodriguez também destaca como item a ser incluído nesta lista a redução do risco financeiro provocado dos desastres e a melhoria da alta disponibilidade das atividades operacionais.

Tags:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top