Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Fórum para governança da internet se reúne no Rio nesta segunda

Postado em: 09/11/2007, às 21:44 por Redação

Começa na segunda-feira (12/11), no Rio de Janeiro, o 2º Fórum para Governança da Internet (Internet Governance Forum – IGF), evento que vai reunir representantes de governo, setor privado, organizações não-governamentais, de comunidades da internet e da mídia. O evento acontece até a próxima quinta-feira (15/11) e são esperados cerca de 2 mil participantes provenientes de mais de cem países.

Neste ano, a conferência terá como foco ?A Governança da Internet para o Desenvolvimento?, cujas discussões girarão em torno de cinco grandes temas: acesso, diversidade, segurança e recursos críticos e abertura (openness), como liberdade de expressão, privacidade, propriedade intelectual, promoção de padrões abertos, etc.

?O Encontro do Rio se fundamentará no sucesso do primeiro, ocorrido em Atenas, na Grécia, mas irá além ao incluir novos assuntos e tentar encontrar novos formatos. Há um grande interesse em iniciativas que visem proteger as crianças e que possibilitem o acesso à Internet para pessoas com deficiência?, disse Markus Kummer, coordenador executivo do Secretariado do Fórum.

O secretário-geral das Nações Unidas (ONU), Ban Ki-Moon, vê o fórum como ?uma chance de colaboração entre diversos stakeholders, baseada na troca de informação e compartilhamento de melhores práticas?. ?Essa nova forma de cooperação internacional é, ao mesmo tempo, inclusiva e igualitária? disse o secretário-geral. Para Ki-Moon, a conferência dá aos governos, ao setor privado e a sociedade civil, incluindo comunidades acadêmicas e técnicas, a oportunidade de trabalhar em conjunto para uma Internet sustentável, forte, segura e estável.

Além das sessões plenárias, haverá encontros abertos e workshops temáticos para discutir assuntos específicos e apresentar boas práticas. Apresentações e debates envolverão representantes de governos, o setor privado e a sociedade civil e acadêmica de diversos países do mundo.

Segundo Kummer, o IGF não é um organismo de decisão, mas um espaço para o diálogo entre todos aqueles envolvidos na discussão dos assuntos ligados à governança da internet. A reunião do Rio não terá um documento final, mas tentará incentivar um diálogo aberto e inclusivo entre os participantes sobre políticas públicas relativas à Internet e criar novas dinâmicas entre as instituições participantes.

Hadil da Rocha Vianna, diretor para assuntos científicos e tecnológicos do Ministério das Relações Exteriores do Brasil, foi nomeado co-presidente do Grupo de Conselheiros do Fórum para a Governança da Internet, que vai ajudar na preparação do Encontro do Rio. O outro co-presidente é Nitin Desai, conselheiro especial do secretário-geral da ONU para a governança da internet.

Os 47 membros do Grupo de Conselheiros, que assumem o cargo a título pessoal, vêm do governo, do setor privado e da sociedade civil, incluindo comunidades acadêmicas e técnicas, representando todas as regiões do planeta.

O fórum é resultado da fase segunda fase da Cúpula Mundial da Sociedade da Informação, que ocorreu em Tunis, em 2005. Na agenda de Tunis, os governos pediram ao secretário-geral da ONU para convocar ?um novo fórum para dialogar sobre políticas? relativas a assuntos relacionados a elementos-chave da governança da internet. O fórum voltará a se reunir na Índia, em 2008, e no Egito, em 2009.

Tags:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top