Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Tablets vão superar PCs dentro de três anos, diz pesquisador

Postado em: 10/01/2012, às 11:58 por Redação

Nos próximos três anos, os tablets serão as principais ferramentas de computação pessoal. A afirmação é do diretor do Centro de Futuro de Digital da Universidade da Carolina do Sul, Jeffrey Cole. Segundo o instituto, o computador convencional de mesa será utilizado por apenas de 4% a 6% dos usuários nos Estados Unidos, sejam eles escritores, programadores, analistas, cientistas ou apenas usuários de jogos.

O uso de notebooks também deve cair em função das ascensão dos tablets, diz Cole. "O tablet é mais conveniente e acessível que o laptop", enfatiza. O pesquisador não vê consequências negativas desse novo quadro, apenas uma mudança na maneira  pela qual as pessoas navegam na internet e usam tecnologias digitais. "Acreditamos que os EUA estão no principal ponto da mudança digital", afirma Cole, que destaca o poder crescente das mídias sociais, mas ainda sem conteúdo de credibilidade entre as pessoas.

"Não é novidade que as mídias sociais são o futuro da comunicação, mas o que não se fala muito é a falta de confiança sobre a qualidade do conteúdo que circula nelas", completa. De acordo com o instituto, 51% dos internautas acreditam ser confiáveis os dados expostos em sites como Facebook, enquanto apenas 14% creem na veracidade das informações constantes na rede social.

Cole também sustenta que a maioria dos jornais impressos nos EUA não existirá mais nos próximos cinco anos. Para ele, apenas os cinco maiores veículos continuarão no mercado – The New York Times, USA Today, Washington Post e o The Wall Street Journal.  Todos os outros serão substituídos por mídias digitais, afirma ele.

Tags:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top