Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Fundo prepara investida de peso para recomprar ações da Dell

Postado em: 10/04/2013, às 21:56 por Redação

O fundo de investimento Blackstone está tentando convencer diversas empresas de tecnologia a se unirem para uma investida de peso visando a recompra das ações da Dell. O interesse o fundo é permanecer envolvido diretamente na elaboração das diretrizes estratégicas quando a fabricante fechar o capital e manter parte dos papéis negociados na bolsa eletrônica Nasdaq. A informação é de pessoas ligadas ao assunto ouvidas pelo The Wall Street Journal. Conforme as fontes, o Blackstone discutiu alguns cenários com parceiros, incluindo manter uma participação acionária, financiar parte do débito da companhia ou ainda uma combinação dessas duas medidas. Os nomes das outras empresas envolvidas na negociação não foram revelados.

A Dell, por sua vez, afirma que o comitê especial de diretores designado para levar adiante a operação de saída da bolsa de valores está avaliando todas as alternativas. A proposta inicial, feita pelo CEO Michael Dell e o Silver Lake Partners, é pagar US$ 13,65 por ação, além de um complexo conjunto de iniciativas e participantes, entre eles a Microsoft, para rolagem de dívidas e financiamentos.

O Blackstone pode contar com o apoio do maior acionista externo da Dell, o Southeastern Asset Management, que planeja usar seus 8,4% de participação na oferta de compra da Dell, afirmaram as fontes. Isso porque o Southeastern é um oponente declarado à proposta inicial — ele chegou a oferecer o pagamento de um prêmio de 25% para as ações.

As conversas do Blackstone com Southeastern e outros prováveis parceiros deixam clara a intenção do fundo de unir diversos fragmentos para oferecer mais de US$ 14,25 por ação da empresa. Se a operação for bem-sucedida, há a possibilidade de que alguns acionistas retenham parte das ações da companhia para negociação pública.

Ainda conforme o jornal americano, o CEO Michael Dell já participou de algumas dessas negociações, e os representantes do Blackstone visitarão a sede da companhia nesta semana para conduzir novas reuniões. Apesar disso, ainda é incerto se chegarão a um acordo ou se realmente haverá uma contraproposta liderada pelo fundo de investimento. De qualquer maneira, outro grande acionista da Dell, Carl Icahn, considera rever a oferta do Blackstone e admitiu "unir forças" caso a proposta seja mesmo interessante. Icahn está trabalhando em uma contraproposta para adquirir 58% das ações da Dell por US$ 15 cada, conforme já divulgado pela imprensa internacional.

Na última terça-feira, 9, o Southeastern reiterou sua oposição à recompra das ações da Dell e a sua retirada da bolsa, por meio de uma carta pública dirigida ao comitê especial de diretores. Nela, o fundo acusa a Dell de falhar em convencer acionistas de que a ideia inicial liderada pelo CEO e o Silver Lake é a saída correta para os acionistas. O documento ainda fala que as propostas feitas pelo Blackstone e Icahn são preferenciais, pois oferecem oportunidade para acionistas permanecerem com poder de decisão e parte do capital aberto.

A Dell, por sua vez, afirma que "ainda está convencida dos altos riscos e incertezas de uma companhia privada e por isso continuará a recomendar uma transação que dá aos acionistas uma certeza de rendimentos e pagamento prêmio". O comunicado foi assinado pelo comitê que avalia o negócio.

Tags: , , , , ,

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top