Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Unimed Recife padroniza parque de servidores e aumenta desempenho operacional

Postado em: 10/05/2013, às 18:49 por Redação

A Unimed Recife apostou na padronização de seus servidores para acabar com a instabilidade e vulnerabilidade operacional. O ambiente anterior, constituído por um parque heterogêneo de servidores, de diversos fornecedores e arquiteturas, não era capaz de suportar os serviços a serem implantados no Hospital Unimed Recife, cujo projeto totalmente sem papel previa o uso de prontuários eletrônicos para atender especialidades diversas. 

A premissa do projeto de renovação do parque era reduzir o número de equipamentos, com o intuito de otimizar as licenças de software. Conforme relata o gestor de TI da Unimed Recife, Bartolomeu Melo, a opção escolhida foi aumentar o poder de processamento por unidade, com o uso de processadores com um maior número de núcleos e que suportassem diversos sistemas.

Entre os equipamentos, foram adquiridos nove servidores Dell com processadores AMD Opteron 6180SE de 12 núcleos, por aproximadamente R$ 700 mil. O valor também contempla licenças de backup, banco de dados, sistemas operacionais e virtualização, além da habilitação de todas funcionalidades de armazenamento na solução Dell Compellent. O valor se mostrou extremamente atrativo — no início do processo, as propostas dos fornecedores chegaram a cerca de R$ 4 milhões. "A tecnologia concorrente na época exigiria um número bem maior de processadores, o que nos obrigaria de adquirir quatro processadores hexacore para atingir a mesma performance", acrescenta Melo.

Ganho de desempenho

O projeto resultou em um aumento de até 300% no desempenho de alguns serviços, com mais qualidade operacional. Além disso, a redução de custos vai permitir a expansão do ambiente de acordo com as demandas do negócio — para o segundo semestre, mais uma compra de servidores está agendada. "A economia gerada viabilizou todo o processo de licenciamento de software e também a aquisição de switches, que melhoraram o desempenho de toda a rede de dados", explica o executivo.

Ainda graças ao novo ambiente de servidores, a Unimed Recife conseguiu internalizar todo o call center, até então terceirizado. Além disso, outras tecnologias passaram a ser viáveis diretamente pela capacidade dos servidores, como criar uma estrutura para o ambientes de testes e o trabalho com big data e inteligência artificial.

Tags: , , , , , , , , , , ,

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top