Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

T-Systems ingressa no segmento de processamento de crédito via celular

Postado em: 10/09/2008, às 20:09 por Redação

A T-Systems, fornecedora de serviços de tecnologia da informação e comunicações do grupo Deutsche Telekom, anunciou nesta quarta-feira, 10, a estréia no segmento de processamento de dados para pagamento eletrônico. A empresa será a principal parceira tecnológica da novo e-pay, nova bandeira que oferece ao consumidor a modalidade de compra a prazo via telefone celular.

A aliança tecnológica estabelece que todas as transações eletrônicas realizadas pelos clientes pessoas físicas e jurídicas da novo e-pay sejam processadas no data center da T-Systems. Em contrapartida, a novo e-pay traz para a fornecedora de serviços seu conhecimento no desenvolvimento de softwares e sistemas de meios de pagamento.

A empresa novo e-pay chega ao mercado com a proposta de oferecer, via telefone móvel, as facilidades dos cartões de crédito, em um sistema no qual o usuário digita um código de segurança aleatório (N-Token) em 100% das transações. O modelo de negócios da novo e-pay envolve o credenciamento de consumidores e estabelecimentos. A empresa promete, ainda, taxas de administração abaixo das atuais bandeiras tradicionais.

Segundo Anderson Cicostoste, presidente executivo da novo e-pay, os principais motivos que levaram a empresa firmar a parceria com a T-Systems são os sistemas de suporte e plataformas de atendimento de alta tecnologia. "Com a tecnologia oferecida pela T-Systems as nossas transações eletrônicas são processadas em menor tempo, com segurança e melhores taxas praticadas hoje no mercado brasileiro", destaca.

Para obter menores custos em processamento, a novo e-pay utiliza a solução Dynamic Services desenvolvida pela T-Systems, que utiliza o conceito de 'pay-for-what-you-use', no qual a empresa paga de acordo com o volume de processamento. "Dessa forma, os recursos são alocados de acordo com a necessidade da novo e-pay, gerando economia nos custos de infra-estrutura e mão-de-obra, rapidez e escalabilidade de recursos", explica Massuo Uemura, CEO da T-Systems. O ambiente é certificado em segurança e permite o isolamento dos dados e do processamento de cada servidor virtual, garante ele.

Tags:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top