Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Alvarion testa WiMAX móvel na PUC de Campinas

Postado em: 10/10/2007, às 21:40 por Redação

A Alvarion, fornecedora israelense de equipamentos de infra-estrutura de rede, concluiu os testes com a tecnologia WiMAX móvel na PUC de Campinas, no interior de São Paulo, utilizando a freqüência de 2,5 GHz, cedida pela Sunrise, operadora de TV por assinatura local. Com isso, o Laboratório de Pesquisa do Ceatec (Centro de Ciências Exatas, Ambientais e de Tecnologias) da universidade passou a ser o único de uma instituição brasileira a ter uma antena que possibilita a transmissão conjunta de imagem, voz e dados para testes em alta velocidade por meio de aparelhos sem fio e em funcionamento, já que trabalha em regime acadêmico com a regulamentação da Anatel.

O objetivo inicial da universidade foi viabilizar a inclusão social por meio da rede wireless, tanto que já existe uma parceria com a Escola do Sítio, localizada no distrito de Barão Geraldo, em Campinas, e com outra instituição de ensino na cidade de Paulínia, também no interior de São Paulo.

Segundo Ricardo Pence, diretor geral da Alvarion no Brasil, o trabalho com a PUC-Campinas constitui-se no pontapé inicial para a implementação de redes WiMAX sem fio no país. Ele ressaltou que ?as redes wireless são o futuro da comunicação no país, onde não há uma grande densidade de sistemas desenvolvidos com cabos como nos países europeus ou mesmo nos Estados Unidos".

Com esse teste, a Alvarion também anunciou o lançamento de uma solução para WiMAX móvel, compatível com o padrão 802.16e, baseada na linha BreezeMAX, que suporta serviços fixos, nomádicos e portáveis e é projetada para atender diversas freqüências nas faixas licenciadas e não-licenciadas.

O equipamento instalado na PUC é o sistema ponto multiponto BreezeMax 2500 TDD, baseado na tecnologia OFDMA (Ortoghonal Frequency Division Multiplexing Access), que permite acesso à internet em banda larga para cerca de 500 usuários por setor. Com visada direta, o equipamento, segundo Pence, alcança entre 30 a 50 quilômetros de cobertura, com canais de 5 MHz.

Tags:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top