Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Empresa cria centro de testes remotos para aplicativos móveis

Postado em: 11/03/2010, às 16:28 por Redação

A vasta variedade de celulares disponíveis no mercado sempre foi um problema para desenvolvedores de aplicativos móveis. Antes de lançar qualquer novo conteúdo para celular é preciso testá-lo em vários modelos de diferentes fabricantes. Pequenas empresas se veem obrigadas a comprar dezenas de celulares, além de contratarem funcionários apenas para realizar os testes. Para reduzir esses custos e acelerar o processo de teste de um novo aplicativo, a Certified construiu um centro de provas para celulares, em parceria com a norte-americana Device Anywhere. O projeto foi batizado como um Laboratório Virtual de Desenvolvimento (LVD).
O centro é composto inicialmente por 30 computadores conectados à Internet e instalados em um data center localizado em São Paulo. Dentro de cada computador há um celular diferente. Foram escolhidos os 30 modelos mais requisitados para testes por operadoras, desenvolvedores e integradores no Brasil, dentre os portfólios de todos os fabricantes. Há desde celulares low end, como o Nokia 1208, até aqueles de alta gama, como iPhone, Blackberry Bold e Nokia E71. SIMcards de operadoras podem ser conectados aos telefones através de uma entrada USB do lado de fora de cada computador. Esses celulares de teste, embora estejam dentro dos computadores, são completamente funcionais e podem ser controlados à distância, pela web. Todos os comandos e funções de cada aparelho são acessíveis, inclusive ligar e desligar, tirar fotos, reproduzir músicas, ligar o Bluetooth etc. É possível, por exemplo, programar um roteiro de tarefas para serem executadas por cada aparelho e acompanhar os resultados à distância. Também é possível controlar os aparelhos em tempo real, executando ações uma a uma, via Internet.
A importação de cada um desses computadores custou US$ 5 mil. Até junho, outros 30 computadores com outros modelos de celulares serão instalados no data center da Certified.
"Integradores e agregadores podem usar essa plataforma para monitorar o lançamento de novos serviços em chips de diferentes operadoras e de diferentes regiões do Brasil. É possível checar tempo de resposta para assinatura e cancelamento do serviço, por exemplo", explica Andreas Blazoudakis, executivo responsável para operação da Certified.
A proposta é cobrar por hora de acesso aos celulares. O agendamento de testes é automatizado e pode ser feito pela web. Em casos excepcionais, se o cliente preferir, os computadores podem ser instalados dentro de suas empresas, mas o custo é bem mais alto. Essa talvez seja a opção de bancos que desejem testar aplicativos de mobile banking e queiram ter controle total sobre as experiências realizadas.
A ideia de montar um centro de provas partiu da experiência da própria Certified: a empresa tem como principal atividade a certificação de produtos e aplicativos. Para tanto, tem uma equipe de 50 testadores, que conseguem verificar o funcionamento de aproximadamente 60 aplicativos por semana. Com a nova plataforma, a Certified agora testa 500 aplicativos por semana. Os antigos testadores estão sendo treinados para programar os roteiros de provas a serem feitas na nova plataforma.

Tags: , ,

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top