Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Huawei reforça estratégia para ganhar participação no mercado americano

Postado em: 11/05/2012, às 12:33 por Redação

Pouco conhecida nos Estados Unidos, a Huawei planeja mudar esse cenário, não apenas aumentando as vendas, mas também por meio de campanhas de marketing, que devem começar  no segundo semestre. A fabricante chinesa celulares e equipamentos de telecomunicações tem grandes expectativas no mercado americano.

Em declaração ao blog All Things Digital, o vice-presidente James Jiang afirmou que a companhia espera vender 60 milhões de smartphones ainda neste ano. "Temos a ambição de ser um dos maiores players neste mercado e no mundo", disse. A empresa no ano passado vendeu US $ 1 bilhão de dispositivos, o dobro do ano anterior.

Sua campanha publicitária planejada ainda não foi definido, mas Jiang disse que está inclinado a adotar como slogan da marca algo como "smartness", dado o seu foco em smartphones. Além da publicidade, a Huawei planeja acordos de patrocínio e outras promoções. O executivo também informou que a empresa começou a produzir seus próprios chips para smartphones e tablets, mas adiantou que não pretende vender para outros fabricantes de dispositivos. Mesmo com a fabricação dos chips, ele garantiu que irá continuar a comprar chips da Qualcomm e da Texas Instruments.

Excetuando os Estados Unidos, a Huawei detém 18% de participação no mercado mundial de roteadores. Apesar do empenho em de consolidar no mercado americano, a companhia chinesa ainda deve encontrar muitos desafios pela frente. No ano passado, o Comitê de Inteligência da Câmara de Representantes iniciou uma investigação para saber se a rápida expansão de empresas de telecomunicações estrangeiras nos EUA poderia ameaçar a segurança nacional, e citou a Huawei e a ZTE entre as investigadas. Na época, a empresa se defendeu assegurando que fornece produtos a 90% das 50 maiores operadoras de telecomunicações do mundo, e que em nenhum destes casos foram informados problemas de segurança.

Outro passo da Huawei para se firmar naquele mercado foi a  assinatura de um acordo de distribuição com a Synnex  para aumentar a presença no país, principalmente no segmento corporativo.

Tags:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top