Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Pressão de acionista por mudanças na gestão faz ações da Citrix subirem mais de 8%

Postado em: 11/06/2015, às 14:27 por Redação

A fabricante de software para virtualização de desktop Citrix viu suas ações subirem mais de 8% nesta quinta-feira, 11, após receber uma carta do Elliott Management Corp., fundo de hedge que é administrado pelo controvertido bilionário Paul Singer, encorajando a empresa a realizar mudanças, as quais acredita que possam fazer com que os preços dos papéis da companhia aumentem em cerca de 50%.

As ações da Citrix abriram o pregão em alta de 8,2%, cotadas a US$ 71,40 e, às 10h20 (horário de Brasília), atingiram pico de US$ 71,70, elevação de 8,6%. As ações encerraram o pregão avaliadas em US$ 70,39, alta de 6,7%. Na carta enviada à empresa, o fundo de hedge afirma que os papéis da Citrix podem alcançar preços entre US$ 90 e US$ 100 até o fim de 2016, caso ela implemente as mudanças sugeridas.

Dentre as sugestões, a Elliott, que detém uma participação de 7,1% na Citrix, recomenda à fabricante vender algumas empresas de baixo desempenho, tais como a CloudBridge e a ByteMobile, as quais, segundo ele, são distrações para a gestão da companhia. O fundo sugere ainda que a Citrix aumente a venda de títulos de dívida, para que possa ter uma capacidade de recomprar entre US$ 4,3 bilhões e US$ 5,3 bilhões em ações até 2017.

"A Citrix tem franquias líderes de tecnologia em mercados atraentes, mas tem lutado operacionalmente durante anos. Como resultado, as operações e portfólio da empresa representam uma oportunidade de melhoria de magnitude excepcionalmente significativa", escreveu Elliott.

Tags: , , , , , ,

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top