Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Portugal Telecom nega oferta da Telefônica pela Vivo

Postado em: 11/07/2007, às 13:45 por Redação

A "guerra" entre a Portugal Telecom e a Telefónica pela disputa da Vivo foi reaberta nesta quarta-feira (11/7). Notícias publicadas na imprensa portuguesa demonstram que a Portugal Telecom não está disposta a vender a sua participação na operadora brasileira de telefonia móvel. Nota na edição online do Jornal de Negócios diz que a Portugal Telecom nega ter recebido qualquer proposta do grupo espanhol, conforme afirmou nesta segunda-feira (9/11) o presidente da Telefónica, César Alierta, ao jornal britânico Financial Times.

Em declaração ao diário britânico, Alierta disse que havia proposto comprar os 50% de participação acionária que a Portugal Telecom mantém Vivo, oferecendo como contrapartida a venda dos 10% que detém na companhia portuguesa. A operadora desmente a informação. "Não recebemos nenhuma oferta da Telefónica, caso contrário teria sido comunicado um fato relevante tanto em Madrid como Lisboa", garantiu uma fonte da empresa ao Diário de Notícias. A operadora portuguesa mantém a posição de que a Vivo não está à venda. Ao contrário, a mesma fonte diz que a Portugal Telecom tem a intenção de comprar a companhia brasileira.

Em junho passado, o presidente da Portugal Telecom, Henrique Granadeiro, chegou a dizer que foi a Telefónica a vencida na oferta pública de aquisição (OPA) feita pela Sonaecom, ao ter se alinhado à empresa rival, e por isso não seria a companhia "a pagar o desalinhamento" da operadora espanhola com a administração. Para Granadeiro, o comprador natural da Vivo é a Portugal Telecom.

Mas não é esse o entendimento da Telefónica. Fonte oficial da companhia disse nesta terça-feira (10/7) ao Diário de Notícias exatamente o contrário. "Mantemos a nossa posição de que queremos comprar a participação da Portugal Telecom na Vivo." Manter a situação como está, ou seja, partilhar a gestão da operadora brasileira, parece estar fora de questão para a Telefónica.

A fonte da companhia portuguesa disse não estar surpresa com as declarações de César Alierta, sustentando que "a Portugal Telecom já manifestou várias vezes à Telefônica o interesse de comprar a Vivo.

Quanto à notícia do Financial Times de que Telefónica ofereceu 3 milhões de euros para ficar com a operadora brasileira, a fonte do grupo espanhol recusou-se a comentar, destacando que não falaria sobre "rumores".

Tags:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top