Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

TO – Tecnologia Organizacional conquista nível C no programa MPS.Br

Postado em: 11/11/2011, às 17:48 por Redação

Como reconhecimento da melhoria de suas práticas em desenvolvimento de softwares e avanço contínuo, a TO – Tecnologia Organizacional, consultoria especializada em modelar e integrar soluções de negócio e de Tecnologia de Informação, conquistou o nível C do programa MPS.Br, que conta com 100 empresas participantes e muitas outras adotando seus padrões para otimização de processos.

A avaliação é um modelo de melhoria do processo de software brasileiro que analisa as companhias integrantes para garantir que tenham capacidade de entregar soluções e serviços de qualidade, como exemplo da Organização Internacional de Padronização (ISO) e da certificação internacional Capability Maturity Model Integration (CMMi).

A TO passa a integrar o grupo de empresas nível C do programa, que reúne 12 corporações no Brasil, sendo que nove delas estão localizadas na região Sudeste. “Esta conquista representa a maturidade da Organização, que nos permite entregar melhores produtos e serviços para os clientes”, diz o Diretor de Operações da TO, Marcelo Guerra.

Para atingir este resultado, a TO foi submetida a 18 processos de análise, entre eles: Gerência de Portfólio, Gerência de Qualidade, Gerência de Projetos, Gerência de Reutilização, Gerência de Configuração, Gerência de Requisitos, Desenvolvimento de Requisitos, Construção de Produto, Medição, Recursos Humanos, Integração de Produto, Desenvolvimento de Reutilização, Verificação e Validação.

“Nossas práticas sempre seguiram o modelo recomendado pelo MPS.Br. Com desempenho, comprometimento de nossa equipe e envolvimento e apoio da direção da empresa, nos estruturamos para aprimorar as soluções e o atendimento aos clientes, o que reflete na conquista de um dos níveis mais altos desta avaliação”, afirma o executivo.

Tags:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top