Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Acesso a web quase dobra, mas desigualdades persistem

Postado em: 11/12/2009, às 11:36 por Redação

O percentual de brasileiros que acessou ao menos uma vez a internet aumentou 75,3% entre 2005 e 2008, totalizando 56 milhões de usuários, segundo a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) sobre Acesso à Internet e Posse de Telefone Móvel Celular para Uso Pessoal, divulgada nesta sexta, 11, pelo IBGE.
O levantamento mostra que, do total, 47,5% se conectaram à interner de mais de um local em 2008, sendo o mais citado a própria casa, com 57,1%. O segundo local de onde os internautas mais acessaram a web foi o centro público de acesso pago, mais conhecido como lan house, citado por 35,2%, seguido pelo local de trabalho, com 31%.
Apesar do crescimento, a Pnad 2008, revela que 104,7 milhões de pessoas com dez anos ou mais de idade não utilizaram a internet nos três meses anteriores à data da entrevista, ou seja, 65,2% do total. Os motivos vão desde desinteresse – 32,8% das pessoas entrevistadas, do grupo dos que nunca acessaram a internet, dizem que não querem ou não acham necessário usá-la – até aqueles que não sabem utilizar a rede (31,6%) ou não têm acesso a um computador (30%).
O estudo diz ainda que das pessoas que se conectaram a rede mundial de suas casas em 2008, 80,3% o fizeram somente através de banda larga, 18% unicamente por conexão discada e 1,7% através das duas formas. Segundo o IBGE, o avanço da banda larga foi bastante expressivo, já que em 2005, o percentual havia sido de 41,2%.
Mas independente do tipo de conexão, a Pnad 2008 mostra que as diferenças regionais no uso da internet permanecem. A região Sudeste ainda tem o maior percentual de usuários (40,3%), seguido do Centro-Oeste (39,4%), Sul (38,7%), Norte (27,5%) e Nordeste (25,1%). O Centro-Oeste se destacou no quesito banda larga: 93,4% dos usuários usam a internet rápida como principal forma de acesso. Entre as razões para o acesso à internet, a comunicação com outras pessoas foi a principal delas, citada por 83,2% dos usuários em 2008, superando fins educacionais e de aprendizado , com 65,9%, que eram a principal razão dos acessos em 2005, quando foi apontado por 71,7% dos internautas.
Contudo, a proporção da população de estudantes que utilizaram a internet entre 2005 e 2008 cresceu de 35,7% para 60,7%. Já entre os não estudantes também houve aumento, porém menor, passando de 15,9% para 26,6%.
A desigualdade no uso da web tmbém pode ser comprovada pelo fato de 75,6% das pessoas na faixa de mais de 5 salários mínimos terem acessado a web em 2008, enquanto na camada dos sem rendimento ou que recebem um quarto do salário mínimo, o percentual foi 13%.

Tags:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top