Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Auto-liderança e a evolução dos profissionais de TI

Postado em: 11/12/2009, às 22:34 por Redação

Liberdade, autonomia para a tomada de decisões, ser o seu próprio chefe. Parece o sonho para a maioria das pessoas no mundo corporativo, porém a idéia de se auto-liderar, na prática, deixa muitos profissionais sem rumo quando não têm quem lhes diga o que fazer a todo o momento.
No Brasil, os profissionais de TI são altamente competentes, reconhecidos em todo o mundo e com destaque pelas suas soluções inovadoras, mas seu grande desafio é aliar o seu conhecimento de tecnologia ao conhecimento de negócios, o que significa ser um especialista que atue em conjunto com a empresa para otimização do seu crescimento no mercado.
E como desenvolver esses profissionais para a vida corporativa? O primeiro passo é o profissional de TI entender que precisa sair do isolamento da sua "ilha tecnológica" para empreender e inovar. Transformar tecnologia em resultados corporativos é o foco para que ocupem um espaço importante.
Deixar de ser somente um ótimo técnico para expandir o seu conhecimento de negócios e ter a liberdade de liderar a sua própria atuação para resultados. Este é o alvo para quem é de TI e deseja evoluir profissionalmente. Quando isto acontecer, aquele que estiver efetivamente preparado terá um alto valor no mercado.
Para tentar explicar a evolução profissional no mundo e suas características na evolução profissional, vamos voltar um pouco no tempo e considerar que existem quatro gerações atuantes em curso, sobre as quais discorreremos rapidamente abaixo:
Geração Baby Boomers, são os profissionais voltados para normas, burocracias e processos hierárquicos. São profissionais experientes, porém um pouco mais resistentes a mudanças.
Geração X são profissionais que viveram uma grande transformação cultural, política e social no mundo. O equilíbrio entre vida profissional e vida pessoal passa a ser uma meta a ser atingida. Estão abertos a mudar e empreender.
Geração Y são profissionais que não conseguem conceber o fato de não estar on-line e gerenciam suas vidas de forma a realizar inúmeras tarefas simultâneas. Contudo, o equilíbrio de vida já é uma realidade e deixa de ser uma meta para ser um padrão essencial. A mudança é a única certeza em suas vidas.
Geração Z está apenas chegando ao mundo. O que serão ainda é uma promessa. Certamente agregarão qualidade de vida, com uso eficaz da tecnologia. A inovação constante é uma inquietude e a ansiedade de experimentar o novo um desejo insaciável.
Após essa volta no tempo para contextualizar as pessoas que compõe o mercado de trabalho hoje em dia, o desafio está lançado, independente de que geração você pertence, lembre-se: cabe a cada um de nós se preparar e buscar as oportunidades que estão aí a nossa espera. O que estamos esperando?

Marcelo Prauchner Duarte é especialista em Tecnologia e Negócios, e atualmente atua como Gerente de Infraestrutura do Banco Carrefour.

Tags:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top