Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Mais da metade dos brasileiros tem celular, diz IBGE

Postado em: 11/12/2009, às 16:34 por Redação

Em 2008, mais da metade dos brasileiros com de dez anos de idade ou mais, ou seja, cerca de 86 milhões de pessoas, tinham telefone celular para uso pessoal – percentual que era de 36,6% em 2005, correspondendo a 56 milhões de pessoas, segundo a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) sobre Acesso à Internet e Posse de Telefone Móvel Celular para Uso Pessoal, divulgada nesta sexta-feira, 11, pelo IBGE.
De 2005 a 2008, enquanto a população de dez anos de idade ou mais cresceu 5,4%, o contingente daqueles que possuíam celular teve aumento de 54,9%. Das pessoas que tinham celular para uso pessoal, 38,6 milhões, ou 44,7%, não tinham telefone convencional no domicílio em que moravam, percentual que era decrescente de acordo com o aumento do rendimento mensal domiciliar per capita, afirma o instituto.
O percentual de pessoas que tinham o aparelho no ano passado era maior entre os homens (54%) que o de mulheres (53,6%), apesar de a diferença ter caído de 2,8 pontos percentuais, em 2005, para 0,4 ponto percentual, em 2008. O contingente de mulheres com posse de celular era de 27,8 milhões em 2005, e o de homens, 28 milhões. A posse era maior entre os homens apenas nas regiões Sul (64,6% deles contra 61% delas) e Sudeste (59,8% e 57,4%, respectivamente).
Entre a população com menos de 30 anos, é maior o percentual de mulheres com celular. O IBGE afirma que a posse de celular estava diretamente ligada ao nível de escolaridade e ao rendimento. As pessoas que tinham celular apresentavam um número médio de anos de estudo superior (9,2) ao das que não tinham (5,2), e o percentual dos que tinham celular era ascendente com o aumento da faixa de rendimento. Em 2008, o rendimento médio domiciliar per capita real entre aqueles que não possuíam celular correspondia a 44,9% do rendimento dos que possuíam. Em 2005, essa proporção era 38,7%.

Tags:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top